Rondônia, - 09:13

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Satélite japonês
Acordo por satélite japonês traz inovação para monitorar desmatamento
O acordo assinado entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis...
Publicado Terça-Feira, 27 de Julho de 2021, às 09:45 | Fonte Assessoria de Comunicação do Ibama 0

 
 

Foto: Pedro Pinheiro - Ibama

O acordo assinado entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Agência Internacional de Cooperação do Japão (JICA) trará inovação e ampliará a capacidade de fiscalização contra o desmatamento, otimizando o uso de recursos da autarquia na Amazônia Legal. Com imagens de excelente qualidade associadas ao uso de inteligência artificial, as ações de fiscalização em campo tendem a serem aprimoradas. A cooperação técnica tem a previsão de se estender por 5 anos, com investimento total de US$ 5 milhões feito pela JICA no Brasil.

O acordo foi assinado pelo presidente substituto do Ibama, Jônatas Trindade, e pelo representante chefe do escritório da JICA Brasil, Eguchi Masayuki, que participou da cerimônia de forma remota, em São Paulo (SP) com apoio do ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite. Também estiveram presentes na solenidade o representante do escritório da JICA em Brasília, Ryunosuke Kataoka, o especialista em sensoriamento remoto da JICA Matriz, Hiroaki Okonogi, o coordenador geral do Centro Nacional de Monitoramento e Informações Ambientais do Ibama, Pedro Bignelli e o coordenador geral de cooperação técnica da Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores, Yuri de Souza.

Segundo Masayuki, da JICA Brasil, os dados do satélite vão oferecer ao Brasil informações aprimoradas, especialmente em épocas de chuvas, quando a visibilidade é baixa. “A primeira parceria que fizemos foi entre 2009 e 2011 e conseguimos identificar mais de 1 mil casos de desmatamento que resultaram em mais de 100 prisões”, segundo Eguchi.

Além disso, será desenvolvido um sistema de previsibilidade de áreas críticas de desmatamento, fortalecendo o trabalho de prevenção por parte do Ibama, bem como contribuindo para reforçar o sistema de priorização de alertas de desmatamento, orientando de forma mais precisa as ações de combate ao desmatamento ilegal.

“Nós temos um desafio, que é o de trazer inovação aos sistemas de controle e monitoramento dos crimes ambientais, especialmente na Amazônia. Com essa parceria com o Japão, vamos ter mais precisão na fiscalização e nas operações que acontecem no território”, afirmou o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite. “Essas imagens complementarão as imagens já utilizadas pelo Ibama na prevenção ao desmatamento, ou seja, é uma forma de ampliar a nossa forma de atuação de forma eficiente e rápida”, explicou o presidente substituto do Ibama, Jônatas Trindade.

O satélite ALOS (Daichi) foi lançado em 24 de janeiro de 2006 pela Japan Aerospace Exploration Agency (JAXA), no centro espacial de Tanegashima (Japão) e entrou na fase operacional e fornecimento de dados ao público em 24 de outubro de 2006. Em 24 de maio de 2014 foi lançado o ALOS – 2 como continuidade da missão ALOS, porém com recursos aprimorados para observação ampla e alta resolução.



Veja também em Notícias da Amazônia


Desmatamento na Amazônia cai mais de 32% em agosto
O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, creditou o bom resultado ao Plano Nacional de Combate ao Desmatamento, que inclui a integração entre ministérios...


Veja a agenda de compromissos dos candidatos a prefeitura de Belém nesta quarta-feira (25)
Edmilson Rodrigues, do Psol, e Delegado Federal Eguchi, do Patriotas, vão disputar o 2º turno na cidade. ...


Professores recebem orientações sobre novo formato do ensino médio no Amapá
O objetivo é nortear os educadores sobre o novo Referencial Curricular Amapaense do Ensino Médio e todas as suas mudanças. Serão três dias de encontro......


PM encerra festa clandestina que reunia mais de 300 pessoas em casa em Macapá
Militares chegaram ao local após denúncia anônima. Local concentrava jovens e adolescentes; 3 detentos do regime domiciliar foram presos. ...

 
      

2021 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras
© 2007 - 2021 • Ernesto & Eugenio Comunicação

E-mail: [email protected]
Fone: (69) 9 9967-8787 (WhatsApp)
Ariquemes - Rondônia - Brasil

Política de privacidade e uso





 

 
 
 
Ariquemes Online