Rondônia, - 05:17

 

Você está no caderno - Últimas Notícias
Congresso Nacional
Presidente Jair Bolsonaro encaminha acordo do Mercosul sobre localidades fronteiriças vinculadas
O termo permitirá que habitantes dos países signatários tenham acesso transfronteiriço a serviços públicos de saúde, educação, cultura, transportes e sistemas de identificação...
Publicado Sexta-Feira, 30 de Abril de 2021, às 11:43 | Fonte Governo Federal 0

 
 

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O documento foi assinado durante a 55ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, em Bento Gonçalves (RS), em dezembro de 2019.

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, encaminhou Mensagem ao Congresso Nacional com o texto do Acordo sobre Localidades Fronteiriças Vinculadas do Mercosul, assinado durante a 55ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, que reuniu os presidentes do Brasil, Argentina e Paraguai, além da vice-presidente do Uruguai, em Bento Gonçalves (RS), em 5 de dezembro de 2019.

O acordo visa a fornecer as bases jurídicas de direito internacional para que os governos do Mercosul garantam aos cidadãos das localidades vinculadas dos países participantes o direito de obter documento de trânsito vicinal fronteiriço, que facilita circulação entre as nações e confere benefícios nas áreas de estudo, trabalho, saúde e comércio de bens de subsistência.

Os portadores do documento fronteiriço poderão estudar e trabalhar dos dois lados da fronteira. Terão também direito a transitar por canal exclusivo ou prioritário, quando disponível, nos postos de fronteira. O direito de atendimento nos sistemas públicos de saúde fronteiriços poderá ser concedido em condições de reciprocidade e complementaridade.

 

 

Cooperação

O acordo também dispõe sobre cooperação entre instituições públicas nessas regiões em áreas como vigilância epidemiológica, segurança pública, combate a delitos transnacionais, defesa civil, formação de docentes, direitos humanos, preservação de patrimônio cultural, mobilidade de artistas e circulação de bens culturais e combate ao tráfico ilícito de bens.

Além disso, o termo contempla a elaboração de plano conjunto de desenvolvimento urbano e ordenamento territorial das localidades. Ainda na área de cooperação, o acordo prevê a facilitação do cruzamento transfronteiriço de veículos de atendimento a situações de urgência e emergência, como ambulâncias e carros de bombeiros.

Para o acordo entrar em vigor, deverá ser aprovado pelo Congresso Nacional e validado internamente pelos países signatários. Posteriormente, precisará ser promulgado e publicado por meio de decreto do chefe do Executivo.




Veja também em Últimas Notícias


Avenida Paulista tem manifestação contra racismo
Organizadores do ato divulgaram manifesto... ...


500 famílias de baixa renda realizam o sonho da casa própria em Maceió (AL)
Residencial Oiticica I beneficiará cerca de 2 mil pessoas... ...


Inaugurado complexo viário em via de acesso a Maceió (AL)
Localizado entre a BR-104/AL e a BR-316/AL, complexo promete reduzir engarrafamentos e facilitar a vida do cidadão que utiliza a rodovia... ...


Entregue novo trecho do Canal do Sertão Alagoano
Mais de 113 mil moradores e pequenos produtores da região serão beneficiados... ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM Publicidade:::

Tereré News