Rondônia, - 00:55

 

Você está no caderno - Rondônia
Ji-Paraná
Ji-Paraná intensifica testes rápidos no combate à AIDS
O próximo domingo (1º), é o Dia Mundial de Combate à AIDS. A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio do Serviço de Assistência Especializada em Infecções...
Publicado Segunda-Feira, 2 de Dezembro de 2019, às 09:25 | Fonte Prefeitura de Ji-Paraná 0

 
 

Divulgação/ Internet

O próximo domingo (1º), é o Dia Mundial de Combate à AIDS. A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio do Serviço de Assistência Especializada em Infecções Sexualmente Transmissíveis (SAE/IST), está intensificando os testes rápidos como forma de prevenção e diagnóstico precoce da doença. O exame fica pronto em 20 minutos, é gratuito e pode identificar infecções sexualmente transmissíveis como as hepatites, sífilis e HIV.

“Nós convidamos a população para ter o hábito de fazer o teste rápido. É preciso que a pessoa leve um documento com foto e o cartão do SUS”, reforçou a assistente social e diretora do (SAE/IST), Poliana Borchardt.

O SAE fica localizado na Avenida Porto Velho, em frente à Escola Estadual José Francisco, no bairro Dom Bosco, Primeiro Distrito da cidade. Os testes rápidos são oferecidos de segunda a sexta-feira das 7h30 às 10 horas. As Unidades Básicas de Saúde também realizam os testes rápidos que podem ser agendados.

Este ano Ji-Paraná registrou 64 novos casos de HIV positivo. Atualmente a unidade atende gratuitamente 1200 pessoas também de 17 municípios da região. A maior parte dos pacientes identificados com HIV é da faixa etária de 18 a 35 anos.

A diretora do SAE, Poliana Borchardt, lembrou ainda que o trabalho de prevenção é muito importante. “O número é crescente, principalmente entre os jovens. A maioria dos nossos pacientes são pessoas com idades entre 18 a 35 anos, que não usam preservativo”, explicou a diretora.

A Aids é causada pelo vírus HIV, transmitido por contato sexual sem preservativo com pessoa contaminada, por transfusão sanguínea e compartilhamento de objetos perfurocortantes.

Ser HIV positivo não é o mesma coisa que ter Aids. A Aids é o estágio mais avançado da doença, quando o sistema imunológico encontra-se bem debilitado. É uma doença que não mata por si só, mas afeta o sistema imunológico da pessoa, o que pode ocasionar doenças oportunistas, como a pneumonia. Por isso a importância da prevenção e o diagnóstico precoce. A doença é grave doença e sem cura, mas tem tratamento, oferecido gratuitamente pela Prefeitura.

 

Fonte: Ascom







Veja também em Rondônia


Vigilância Sanitária tem parceria para inclusão produtiva
Reunião do Comitê realizada nesta quinta-feira (5)...


Presidente Laerte Gomes defende inclusão de Rondônia em área livre de Febre Aftosa sem vacinação
Após 20 anos de dedicação, Estado está credenciado ao novo status mas depende de gestão política para sair do Bloco I ...


Campanha conscientiza sobre violência contra a mulher em Vilhena: CAM atende mais de 100 casos por mês
Prefeitura revela que Abrigo da Mulher deve abrir em dezembro, após mais de três anos de portas fechadas ...


Direito de ir e vir: prefeitura de Jaru constrói ponte e tira moradores do isolamento depois de 30 anos
Com recursos próprios, a prefeitura de Jaru está construindo uma ponte sobre o rio Mororó, na rua Américo Vespúcio, no Jardim Novo Estado...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News