Rondônia, - 00:10

 

Você está no caderno - Rondônia
Ji-Paraná
Projeto E-Lixo promove reaproveitamento de eletrônicos em Ji-Paraná
Uma parceria firmada entre a Prefeitura de Ji-Paraná , por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia) e o Instituto Federal de Rondônia (IFRO)...
Publicado Segunda-Feira, 2 de Dezembro de 2019, às 09:22 | Fonte Prefeitura de Ji-Paraná 0

 
 

Divulgação/ Internet

Uma parceria firmada entre a Prefeitura de Ji-Paraná , por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia) e o Instituto Federal de Rondônia (IFRO) está promovendo nova destinação ao lixo eletrônico, especialmente computadores e impressoras.

Estudantes do Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas estão participando do projeto E-LIXO e sua reutilização. Com o apoio logístico da Semeia, eles recondicionam e reciclam aparelhos que não funcionam mais. O que não tem mais condição de uso é entregue para a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Ji-Paraná (COOCAMARJI), por meio da Semeia.

“O que os estudantes conseguem recondicionar é doado. Foram entregues para o Centro de Autismo da Prefeitura de Ji-Paraná oito computadores, dois notebooks e 5 impressoras. Queremos ampliar e fazer as doações para outras instituições do município”, explicou a professora  que coordena o projeto, Ilma Rodrigues de Souza Fausto.

Para a secretária municipal de meio ambiente, Kátia Casula, a iniciativa é uma ótima maneira de aliar aprendizado com sustentabilidade.

            “O que as pessoas fazem com aquele equipamento eletrônico que ficou velho ou já não serve mais? Muitas pessoas procuram a Semeia para saber como dar destinação correta para o lixo eletrônico. O que antes era entregue diretamente para a COOCAMARJI, hoje pode ser recondicionado e doado. É uma ótima parceria.”, disse a secretária.

 

 

Fonte: Ascom







Veja também em Rondônia


Vigilância Sanitária tem parceria para inclusão produtiva
Reunião do Comitê realizada nesta quinta-feira (5)...


Presidente Laerte Gomes defende inclusão de Rondônia em área livre de Febre Aftosa sem vacinação
Após 20 anos de dedicação, Estado está credenciado ao novo status mas depende de gestão política para sair do Bloco I ...


Campanha conscientiza sobre violência contra a mulher em Vilhena: CAM atende mais de 100 casos por mês
Prefeitura revela que Abrigo da Mulher deve abrir em dezembro, após mais de três anos de portas fechadas ...


Direito de ir e vir: prefeitura de Jaru constrói ponte e tira moradores do isolamento depois de 30 anos
Com recursos próprios, a prefeitura de Jaru está construindo uma ponte sobre o rio Mororó, na rua Américo Vespúcio, no Jardim Novo Estado...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News