Rondônia, - 12:22

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
Ciência e Saúde
Como é ser uma pessoa borderline? Entenda as características
Transtorno de personalidade acomete cerca de 1% da população e é uma das maiores causas de procura a serviços de saúde mental; veja as características
Publicado Sexta-Feira, 8 de Novembro de 2019, às 18:40 | Fonte Minha Vida 0

 
 

Divulgação/ Internet

Você já ouviu falar em Transtorno de Personalidade Borderline (TPB)? Se ainda não compreende muito bem do que isso se trata, veja o caso fictício a seguir para tentar entender o que é ser uma pessoa que sofre com esse distúrbio mental.

Imagine o seguinte cenário: Denise é uma jovem universitária, de 20 anos. Ela teve uma infância e adolescência muito conturbadas. Entre os 8 e 12 anos, sofreu abuso sexual pelo tio e só contou para seus pais quando fez 18 anos. Na época, eles não acreditaram.

A família já não acreditava muito na garota por tantas mentiras contadas ao longo do ano e também pelas diversas tentativas de suicídio. Denise se cortava desde que era adolescente, para tentar aliviar um pouco o vazio que sentia no peito. Tinha outros comportamentos de risco, como abuso de álcool e relações conflituosas com seus namorados.

A dor da violência sofrida com tantos problemas que ela teve na vida ajudaram a moldar um pouco da sua personalidade. Dessa forma, uma das principais características de Denise é sua dificuldade em lidar com o ?não?, com limites e com as frustrações da vida. Eles se tornaram gatilhos para que ela tentasse se automutilar e tentasse o suicídio, e causavam graves crises de agressividade.

A garota passou a apresentar inúmeros momentos de hostilidade com as pessoas, afastando todos ao seu redor, gritando, brigando e ofendendo. Paralelamente, esse comportamento aumentou ainda mais a sua carência afetiva e sentimento de solidão.

Agora, ela tem a sensação de que nada vai lhe trazer felicidade. Sente um vazio misturado com uma tristeza desde a infância. A família diz que qualquer frustração a leva a tentar suicídio, se machucar ou mesmo desmaiar. Tem relacionamentos muito frouxos, justamente porque muita gente diz que ela é manipuladora, impulsiva, carente e depressiva.

Características da personalidade borderline
Apesar de ser hipotético, o caso de Denise consegue ilustrar o cenário de uma pessoa diagnosticada com o Transtorno de Personalidade Borderline. Assim como mostrado, o distúrbio tem como principais características:

Relacionamentos interpessoais intensos e instáveis
Comportamentos autodestrutivos repetitivos, como automutilação e tentativas de suicídio
Medo crônico de abandono
Irritabilidade e impaciência constantes
Impulsividade
Pouca tolerância à frustração
Dificuldade de adaptação social
Para se ter uma ideia, a personalidade borderline acomete cerca de 1% da população e é uma das maiores causas de procura a serviços de saúde mental. Além disso, as pessoas com esses quadros têm vários prejuízos na escola, no trabalho e na faculdade, justamente devido às relações interpessoais muito conflituosas.

Por outro lado, cerca de 95% das pessoas borderline tem remissão clínica dos sintomas em até 8 anos. Entretanto, de qualquer forma, é um quadro que traz muito sofrimento, não só para a própria pessoa, mas também para aquelas ao seu redor.

Em geral, o tratamento para essa condição é feito com psicoeducação para o paciente e seus familiares; psicoterapia individual e familiar; e uso de medicamentos para alguns sintomas associados. Portanto, caso você conheça alguém com características semelhantes, não hesite em pedir ajuda psiquiátrica e/ou psicológica.







Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


Estudo aponta que dieta saudável de gravidas previne alergia em crianças
Pesquisas mostram que grávidas que seguem uma dieta saudável reduzem o risco de os filhos serem acometidos por reações alérgicas ...


Trabalhar muitas horas provoca queda de cabelo, diz estudo
A queda de cabelo pode até mesmo evoluir para calvície...


Cientistas apontam a descoberta de proteína guardiã dos músculos
Ao ter a expressão aumentada, molécula presente em humanos interrompe a perda muscular e promove o ganho de força. Resultado em ratos abre espaço para a criação de terapias que beneficiem idosos, os mais atingidos por essa complicação ...


Doenças sexualmente transmissíveis: silenciosas, mas até fatais
Algumas dessas doenças silenciosas podem apresentar sintomas apenas em um estágio mais avançado da infecção, o que dificulta o tratamento e traz maior sofrimento...

 
      

2019 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras
© 2007 - 2019 • Ernesto & Eugenio Comunicação

E-mail: [email protected]
Fone: (69) 9 9967-8787 (Operadora Oi - WhatsApp)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Política de privacidade e uso






 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News