Rondônia, - 16:53

 

Você está no caderno - Notícias da Justiça e do Direito
Notícias da Justiça e do Direito
CNJ dispensa autorização judicial para menor desacompanhado viajar
O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu que não será mais necessária autorização judicial para que crianças e adolescentes possam viajar desacompanhados...
Publicado Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, às 17:29 | Fonte Agência Brasil 0

 
 

Divulgação/ Internet

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu que não será mais necessária autorização judicial para que crianças e adolescentes possam viajar desacompanhados dos pais ou responsáveis pelo território nacional. De acordo com o conselho, será preciso apenas a autorização dos pais ou responsáveis, por meio de documento com firma reconhecida em cartório.

A decisão foi proferida na sessão desta terça-feira (11) e foi aprovada por unanimidade. As regras terão validade após a publicação da norma. A data ainda não foi definida.

Pela decisão, a dispensa de autorização da Justiça vale para os casos em que crianças e adolescentes estiverem acompanhados de ambos genitores, em companhia de um genitor e com autorização de outro ou com parentes ou terceiros designados pelos pais ou responsáveis. As regras foram baseadas na resolução do CNJ sobre viagens de menores ao exterior, que já previu as medidas.

Segundo o conselho, um modelo de formulário de autorização será disponibilizado no site do CNJ para que os pais ou responsáveis possam preencher os dados da viagem e levá-los ao cartório para reconhecimento de firma.

De acordo com o presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, a regulamentação da matéria foi necessária para adequar as regras para viagens nacionais aos casos de viagens internacionais envolvendo menores de idade, cuja autorização judicial também ocorre somente em alguns casos. Segundo o ministro, caso contrário, as regras para viagens nacionais de menores precisariam de autorização judicial em todos os casos.

 

 
Edição: Fernando Fraga
 









Veja também em Notícias da Justiça e do Direito


No Senado, começa reunião da CCJ para discutir e votar Previdência
Começou pouco depois das 9 horas a reunião da comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) para discutir e votar o parecer do senador Tasso Jereissati......


PGR defende legalidade de prazo comum para que réus colaboradores ou não apresentem alegações finais (Atualizada)
Tese foi sustentada por Raquel Dodge em pedido apresentado pelas defesas de Gerson Almada e Djalma Rodrigues ...


STJ manda hospital abrir prontuários por suspeita de troca de bebês
O autor da ação, nascido em 1977, fez exame de DNA em 2015 e descobriu não ser filho biológico de seus pais registrais ...


Polícia Civil mira pedófilos na quinta fase da Operação Luz da Infância
Desde cedo policiais civis e a Polícia Federal cumprem mandados de busca e apreensão. Durante as buscas, as pessoas pegas com materiais ilegais são presas em flagrante ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News