Rondônia, - 17:16

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Golpe do FGTS no WhatsApp afeta 100 mil em 48 horas
Através de mensagens e e-mails falsos, cibercriminosos se passam pela Caixa Econômica Federal para roubar informações
Publicado Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, às 11:26 | Fonte Renova Mídia 0

 
 

Divulgação/ Internet

O anúncio de que a Caixa Econômica Federal irá liberar R$ 500 das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para saque abriu espaço para a ação de cibercriminosos.

Golpistas enxergaram na notícia uma oportunidade para enganar usuários desavisados e roubar seus dados pessoais.

De acordo com um laboratório especializado da PSafe, mais de 100 mil pessoas foram atingidas pelo golpe do FGTS no aplicativo de mensagens WhatsApp em apenas dois dias.

Além do WhatsApp, o golpe também tem circulado por e-mail e SMS. Com perguntas como: “Deseja sacar todo seu FGTS?” ou “Você sacou algum valor do FGTS nos últimos 3 meses?”, registra o site InfoMoney.









Veja também em NACIONAL


Morre 13ª vítima de incêndio em hospital no Rio
Morreu na madrugada de hoje (17) mais uma vítima do incêndio ocorrido na quinta-feira (12) no Hospital Badim, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro...


Senadores vem a Rondônia apurar suspeitas de abusos cometidos pela Energisa
O requerimento foi apresentado por Marcos Rogério, após o recebimento de denúncias de abusos cometidos pela companhia....


Médicos cubanos podem ser reintegrados, mas com bolsa menor, sugere comissão
O relatório da medida provisória do programa Médicos pelo Brasil, que vai substituir o Mais Médicos, deverá ser apresentado esta semana no Congresso Nacional......


Funcionários começam limpeza de prédio novo do Hospital Badim
Cerca de 30 funcionários fazem hoje (17) um mutirão de limpeza e organização do prédio novo do Hospital Badim...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News