Rondônia, - 13:15

 

Você está no caderno - Porto Velho
Porto Velho
Comissão de Saúde recebe gestores de Guajará-Mirim para responder denúncias sobre ambulâncias
De três ambulâncias destinadas para o município, apenas uma estão atendendo a população, diz Dr. Neidson
Publicado Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, às 18:42 | Fonte Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia 0

 
 

Fotos: Marcos Figueira-Decom-ALE/RO

A Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social (CSPAS) da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta terça-feira (10), no plenarinho 01, com as presenças dos deputados Adailton Furia (PSD), presidente, Dr. Neidson (PMN) e Aélcio da TV (PP) para ouvir os esclarecimentos do Secretário Municipal de Saúde de Guajará-Mirim, Douglas Dagoberto Paula e o procurador Dayan Roberto dos Santos Cavalcante referente as denúncias feitas pelo deputado Anderson Pereira (Pros) com relação a inutilização de ambulâncias no município. 

Com três termos de doação de ambulâncias feitos para o município de Guajará-mirim em mãos entre 2018 e 2019, Dr. Neidson apontou que em menos de cinco meses duas delas estavam quebradas, e que a terceira, que tinha sido disponibilizada para o distrito de Hiata, foi levada para atender a demanda do hospital principal de Guajará-mirim. 

O parlamentar ressalta também que em 2016 destinou uma UTI móvel para o município, contudo “ ela sofreu um acidente de perda total e até hoje eles não deram baixa”. Dr. Neidson relata ainda que recentemente, destinou recurso para o reparo de duas ambulâncias, mas, as mesmas já não estão mais funcionando, além da duas ambulanchas adquiridas com emendas do parlamentar para o município, que também estão sem funcionar.

 

Justificativas 

O secretário Municipal de Saúde de Guajará-Mirim, Douglas Dagoberto Paula, explicou que assumiu a pasta no dia 22 de julho deste ano e que desde então está tentado resolver a situação das duas ambulâncias quebradas. “Uma delas já está funcionando e sendo utilizada para o município, necessitando apenas trocar os pneus. Fizemos a manutenção da ambulância do distrito do Hiata e ela está funcionando perfeitamente e a terceira estamos atualizando os preços de manutenção dentro dos limites da secretaria”, relatou.  

Dagoberto ressaltou ainda, que solicitou um levantamento de todos os veículos, entre eles ambulanchas, da secretária e os reparos necessários. “Estou fazendo de tudo para deixar essas ambulâncias em pleno funcionamento, o mais rápido possível. Nossa prioridade é o atendimento à população para que ela não fique desassistida, caso precise”, destacou. 

O presidente da comissão, Adailton Furia, ressaltou que o maior problema dos veículos do Estado é a falta de manutenção. “Esse problema não é exclusivo de Guajará-Mirim”, disse. 

De acordo com o procurador do município de Guajará-Mirim, Dayan Roberto dos Santos Cavalcante, a manutenção de veículos é um dos maiores desafios dos municípios. “Dentro das contratações eu sempre oriento os gestores com relação a veículos novos, a fazer as manutenções periódicas. No caso específico das duas ambulâncias que apresentaram problemas, elas foram endereçadas a concessionária, contudo a mesma não tinha o aparelho necessário para fazer a manutenção e elas precisaram ser deslocadas e isso atrasou o processo”, contou. 

Ao final das explanações, a Comissão deu um prazo de 60 (sessenta) dias para que o município de Guajará-Mirim realize os devidos reparos nas ambulâncias/ambulanchas. “Caso não seja cumprido o prazo, iremos solicitar uma auditória da Sesau para solicitar que, os recursos gastos na aquisição desses veículos sejam devolvidos, segundo consta no contrato assinado pelo próprio município”, finalizou Dr. Neidson.

Texto: Laila Moraes-Decom-ALE/RO 

 







Veja também em Porto Velho


Prefeito realiza sonho de idosa ao entregar título definitivo do imóvel
Moradora do bairro Panair aguardava há 40 anos pela escritura pública ...


Comarca São Miguel do Guaporé promove palestra sobre abandono intelectual de crianças e adolescentes
A importância da família para a formação dos indivíduos foi o tema da palestra proferida pela psicóloga Thayssa de Oliveira......


Fofão está internado no Santa Marcelina e pede ajuda
O autônomo Claudenor Silva Nascimento, 41 anos, conhecido por ´Fofão´ na zona Leste da cidade, enviou hoje pelas......


TJRO mantém condenação e ajusta dosimetria da pena do homem acusado de matar professora em Candeias
Nessa quinta-feira, 12, em recurso de apelação, na última sessão de julgamento deste ano, realizada pela 1ª Câmara Criminal......

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News