Rondônia, - 05:21

 

Você está no caderno - Rondônia
Juíza manda bloquear R$ 2 milhões de empresa
Juíza manda bloquear R$ 2 milhões de empresa suspeita de fraudar cirurgias oftalmológicas em MT
No despacho, a Justiça atende a um pedido da própria empresa, que em decisão anterior teve R$ 6 milhões bloqueados pela Justiça, referentes a restos a receber
Publicado Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, às 18:21 | Fonte G1 MT 0

 
 

Foto: Marcelo Souza/ TVCA

Gaeco cumpriu mandados na SES-MT em setembro do ano passado

A Justiça de Mato Grosso determinou o bloqueio de R$ 2 milhões da empresa 20/20 Serviços Médicos S/S que é suspeita de fraude na execução de contrato firmado com o governo do estado e recebimento de valores por serviços não prestados na Caravana da Transformação.

Ao G1, a defesa da empresa -- que tem sede em Ribeirão Preto (SP) --, avaliou a decisão como positiva e um avanço, tendo em vista que "as alegações iniciais contra a empresa não foram provadas no autos".

A determinação é da juíza Célia Regina, da Vara Especializada de Ação Civil Pública e Ação Popular.

No despacho, a magistrada atende a um pedido da própria empresa, que em decisão anterior teve R$ 6 milhões bloqueados pela Justiça, referentes a restos a receber.

Na alegação, a defesa da empresa argumenta, porém, que houve excesso de bloqueio de seus bens, situação que “está tornando impossível o desenvolvimento de suas atividades e a própria existência da empresa”.

Segundo a 20/20 Serviços Médicos, teriam sido bloqueados bens móveis e ativos financeiros que ultrapassam os R$ 16 milhões.

“É certo que o valor da multa civil, a ser “em tese” aplicada, caso comprovada a prática de ato de improbidade administrativa, será definido na sentença, porém, neste momento processual, a garantia a ser obtida por meio da medida cautelar de indisponibilidade de bens pode ser limitada ao montante e pretendido no pedido inicial”, diz trecho da decisão.


Operação Catarata
Em setembro do ano passado, o Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriu mandados de busca e apreensão na Secretaria Estadual de Saúde, em Cuiabá, e na sede da 20/20.

À época, o governo alegou que todas as todos os procedimentos realizados durante as edições da Caravana da Transformação foram pagos corretamente, negando qualquer irregularidade.

A caravana
O programa Caravana da Transformação foi implantado pelo governo de Mato Grosso em 2016, com a intenção de zerar as filas de cirurgias oftalmológicas em todo o estado. Foram 14 edições em dois anos.

Segundo informações divulgadas pelo próprio governo, foram realizadas 61 mil cirurgias de catarata, 8.237 de pterígio e 5.840 de yag laser.







Veja também em Rondônia


Prefeitura de Jaru trabalha para substituir seis pontes de madeira de pequeno e médio porte na linha 632
A prefeitura de Jaru segue firme com os serviços de substituição de médias e pequenas pontes de madeira, na zona rural do município...


Centro de Prevenção do Câncer de Rondônia recebe visita técnica
A Fundação Pio XII, mantenedora do Hospital do Amor, que irá construir em Ji-Paraná, o primeiro Centro de Prevenção do Câncer e.. ...


Presidente Laerte Gomes confirma empenho de aproximadamente R$ 98 mil para Nova Brasilândia D’Oeste
Recurso será utilizado para recuperação de estradas vicinais ...


CPI da Energisa em Rolim de Moura recebe documentos e relatos de consumidores contra a empresa
Deputados reforçam que trabalho da CPI continua firme e pedem que população traga documentos para embasar relatório ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News