Rondônia, - 16:54

 

Você está no caderno - Variedades
Ultimas Noticias
Mortes violentas no Brasil caem 22% no 1º semestre da gestão Bolsonaro
Mortes violentas têm queda de 22% no primeiro semestre. Todos os estados registraram queda no índice
Publicado Segunda-Feira, 2 de Setembro de 2019, às 09:47 | Fonte Renova Mídia 0

 
 

Divulgação / Internet

Um levantamento divulgado neste domingo, 1º de setembro, aponta uma queda de 22% no número de mortes violentas no Brasil neste primeiro semestre do governo Jair Bolsonaro, quando comparado ao mesmo período do ano passado.

A informação consta no índice nacional de homicídios publicado pelo site G1 com base no Monitor da Violência, uma parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Nos primeiros seis meses do ano, 21.289 assassinatos foram registrados, contra 27.371 no mesmo período do ano passado. Uma redução de 6 mil.

A região Nordeste é a que apresenta a maior queda na quantidade de mortes violentas. Ao todo foram 3.244 mortes a menos, o que corresponde a mais da metade da queda total.

Outros três estados apresentaram redução nestes crimes acima de 30%: Sergipe, Rio Grande do Norte e Ceará.

Em 2017, o Brasil atingiu o maior número de mortes violentas intencionais, como homicídios e latrocínios, da sua história. Foram 63.880 vítimas, o equivalente a 175 por dia, 7 por hora, segundo dados revelados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Tarciso Morais









Veja também em Variedades


Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 120 milhões
A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (18) às 20h (horário de Brasília) o prêmio de R$ 120 milhões, que está acumulado pela décima segunda vez...


Superexposição pode destruir carreiras sólidas, diz empresário
A superexposição é um grande problema da atualidade e pode destruir carreiras sólidas, alerta o empresário Marcus Montenegro, CEO da Montenegro Talents...


Japão fabricará roupas a partir de garrafas de plástico recicladas
A partir da primavera do ano que vem, uma gigante japonesa do setor de roupas do Japão planeja vender produtos feitos com fibras provenientes da reciclagem de garrafas de plástico...


Uso de dinheiro público em campanhas gera discussão no Senado
Marcado inicialmente para ser votado na sessão de hoje (17), o projeto de lei (PL) que altera regras do fundo partidário ainda não tem agenda definida...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News