Rondônia, - 08:59

 

Você está no caderno - Economia
Economia
Itaipu tem maior produtividade da história no mês de julho
No acumulado parcial, 2019 também é o melhor ano da empresa
Publicado Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, às 18:00 | Fonte Agëncia Brasil 0

 
 

Caio Coronel

A Usina de Itaipu registrou a mais alta taxa de produtividade da história para o período de um mês em julho deste ano. Esta taxa é resultado da relação entre a produção de energia e a água que passa pelas turbinas. Foram produzidos 1,100 mil megawatts médios por metro cúbico de água por segundo (MWmed/m³/s) no mês. O recorde anterior, de 1,098 MWmed/m³/s, era de julho de 2018.

Segundo informações da Itaipu Binacional, no período o desperdício de água foi irrisório. Dentre os fatores que contribuíram para o resultado estão o menor nível de água que chegou ao reservatório, o que favoreceu o aproveitamento de cada metro cúbico de matéria-prima em megawatt.

Outro fator, segundo a companhia, foi o gerenciamento das variáveis envolvidas no processo de geração de energia como demanda, estoque de água e disponibilidade das máquinas e da transmissão.

O recorde anterior, de julho do ano passado, foi obtido 28 anos depois da melhor marca que foi registrada em setembro de 1991 (1,087 MWmed/m³/s). Esse valor foi superado em maio, junho e julho do ano passado.

No acumulado parcial, 2019 também está sendo o melhor ano do histórico. Até julho, a produtividade acumulada era de 1,072 MWmed/m³/s. A melhor marca anual registrada no período havia ocorrido em 1986, com 1,060 MWmed/m³/s.


Edição: Bruna Saniele









Veja também em Economia


Previsão de crescimento econômico aumenta; estimativa de inflação cai
Projeção para a expansão do PIB passa de 0,81% para 0,83% este ano ...


Agropecuária nordestina ganha plano de ação para o seu desenvolvimento
O AgroNordeste objetiva organizar as cadeias agropecuárias da região ...


Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep
Medida beneficia quem trabalhou antes de outubro de 1988 ...


Bitcoin pode dobrar de preço nos próximos seis meses?
De acordo com um analista, o Bitcoin poderá dobrar de preço nos próximos seis meses. Isso seria reflexo de uma maior capitalização de mercado, que colocaria o BTC em destaque como ativo financeiro...

 


ads2507



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News