Rondônia, - 15:03

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Bachelet pede inquérito sobre violência policial em Hong Kong
A alta comissária para os Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), MIchelle Bachelet, disse hoje (13) que está preocupada com a repressão às manifestações...
Publicado Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, às 17:39 | Fonte Agëncia Brasil 0

 
 

ONU/Mark Garten (arquivo)

A alta comissária para os Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), MIchelle Bachelet, disse hoje (13) que está preocupada com a repressão às manifestações pró-democracia em Hong Kong e pediu um inquérito imparcial na ex-colônia britânica.

Ela "condena qualquer forma de violência e apela às autoridades de Hong Kong para que abram um inquérito rápido, independente e imparcial" sobre o comportamento das forças de segurança, informou o porta-voz Rupert Colville, em entrevista em Genebra.

A alta comissária lembra que o direito à liberdade de expressão e à reunião pacífica, assim como o direito de participar dos assuntos públicos são reconhecidos na Declaração Universal dos Direitos Humanos e na Lei Fundamental que rege Hong Kong.

Bachelet disse que seu gabinete tem "provas credíveis de que os agentes das forças de segurança usaram as armas de forma proibida pelas normas internacionais".

Ela citou disparos de gás  lacrimogêneo "em áreas povoadas e confinadas, diretamente sobre manifestantes, com risco considerável de matar ou ferir gravemente".

"O Alto Comissariado pede expressamente às autoridades de Hong Kong para investigarem imediatamente esses incidentes e agir com contenção para que os direitos dos que exprimem suas opiniões pacificamente sejam respeitados e protegidos", disse o porta-voz.

A ex-colónia britânica enfrenta sua pior crise política desde a transferência de soberania do Reino Unido para a China em 1997.

A contestação social começou no início de junho contra um projeto de lei que pretendia autorizar as extradições para Pequim.

A proposta foi, entretanto, suspensa, mas as manifestações generalizaram-se e reivindicam agora medidas para a implementação do sufrágio universal no território, a demissão da atual chefe do governo, uma investigação independente sobre a violência policial e a libertação dos detidos ao longo dos protestos.

*Agência pública de televisão de Portugal


Edição: Graça Adjuto







Veja também em INTERNACIONAL


Dois ex-funcionários do Twitter acusados de serem espiões da Arábia Saudita
A acusação surge um dia depois de um destes homens ter sido detido pelas autoridades norte-americanas...


Irão goza de vantagem militar efetiva sobre EUA e aliados americanos no Médio Oriente
A conclusão é do International Institute for Strategic Studies e deve-se à capacidade de Teerão de fazer a guerra com recurso a terceiros. As redes de influência são até mais importantes para o poder iraniano do que o seu programa de mísseis balíst...


Facebook anuncia plano para proteger eleições dos EUA da desinformação
A empresa tecnológica Facebook prevê proteger melhor as contas dos candidatos e dos políticos e indicar de forma clara quem controla as páginas....


''Espanha esquecida'' pede mais gente e trabalho para o interior despovoado
Mais investimentos, gente e trabalho, são estes os pedidos de San Martín del Pedroso, uma aldeia que parece esquecida pelos políticos ''que vêm pouco aos povos pequenos'', lamentam os moradores....

 
      

2019 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras
© 2007 - 2019 • Ernesto & Eugenio Comunicação

E-mail: [email protected]
Fone: (69) 9 9967-8787 (Operadora Oi - WhatsApp)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Política de privacidade e uso






 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News