Rondônia, - 02:16

 

Você está no caderno - Economia
Economia
Bolsonaro diz que governo não vai criar novos impostos
Em café da manhã com jornalistas, ele descarta recriação da CPMF
Publicado Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019, às 11:13 | Fonte Agëncia Brasil 0

 
 

Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (19) que o governo não vai criar novos impostos e destacou que Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) não será recriada. Ele deu a declaração em café da manhã com jornalistas de agências internacionais no Palácio do Planalto.

“Não criaremos nenhum novo imposto. A reforma [tributária] que está tramitando lá é do Parlamento, não é nossa. Conforme explanado na última reunião de ministros, nós queremos fazer uma reforma tributária e mexer com os impostos federais apenas. Ao longo dos meus 28 anos como deputado, quiseram fazer uma reforma que envolvesse União, estados e municípios. Não dá certo”, afirmou.

Segundo ele, a equipe econômica do ministro Paulo Guedes está convencida de analisar apenas os tributos federais. “Queremos simplificar os tributos federais e não criando nenhum novo imposto. Você pode fundir vários impostos e eu acho que é isso que vai acontecer. CPMF de volta, não”.
Atualmente, duas propostas de reforma tributária tramitam no Congresso. Na Câmara dos Deputados, a comissão especial para discutir a reforma apresentada pelo deputado Baleia Rossi (MDB-SP) foi instalada na semana passada. Paralelamente, o Senado apresentou uma proposta de emenda à Constituição (PEC) com base em um texto que tramita na Casa desde 2004.

Preparada pelo economista Bernard Appy, a proposta da Câmara unifica tributos sobre a produção e o consumo arrecadados por União, estados e municípios e cria outro imposto sobre bens e serviços específicos, cujas receitas ficarão apenas com o governo federal.

A proposta do Senado cria um imposto sobre o valor agregado de competência estadual, chamado de Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS), e o Imposto Seletivo, sobre bens e serviços específicos, de competência federal.


Edição: Maria Claudia







Veja também em Economia


Brasil tem segunda maior concentração de renda do mundo, diz relatório da ONU
Os 1% mais ricos concentram 28,3% da renda total do país, conforme ranking sobre o desenvolvimento humano. Brasil perde apenas para o Catar em desigualdade de renda, onde 1% mais ricos concentram 29% da renda ...


Mulheres estudam mais no Brasil, mas têm renda 41,5% menor que homens, diz ONU
Renda Nacional Bruta per capita da mulher foi de US$ 10.432 em 2018, contra US$ 17.827 do homem. País caiu uma posição no IDH e foi para 79º lugar no ranking com 166 países...


Milho: Contratos futuros iniciam a semana operando em campo misto na Bolsa de Chicago
Por volta das 09h19 (Horário de Brasília),o contrato Dezembro/19 estava precificado a US$ 3,66 por bushel e com uma alta de 0,25 pontos ...


Soja: Mercado em Chicago se mantém estável à espera dos novos números do USDA nesta 6ª
Por volta de 7h40 (horário de Brasília), os futuros da oleaginosa registravam pequenas oscilações de 0,25 a 1 ponto, testando os dois lados da tabela ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News