Rondônia, - 19:00

 

Você está no caderno - Economia
Economia
MP faz operação contra empresários de alimentação no Rio
O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) faz hoje (17) uma operação contra acusados de integrar uma organização criminosa responsável por fraudar valores...
Publicado Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, às 10:39 | Fonte Agëncia Brasil 0

 
 

Agência Brasil/Arquivo

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) faz hoje (17) uma operação contra acusados de integrar uma organização criminosa responsável por fraudar valores do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

De acordo com o MPRJ, os denunciados no esquema criaram 11 empresas no setor alimentício que, na verdade, faziam parte um único grupo empresarial, o Golden Foods.

Eles são acusados de sonegar cerca de R$ 305 milhões, por meio de fraudes para reduzir os valores devidos, como a realização de operações fictícias entre empresas irmãs para gerar créditos de ICMS.

Segundo o MPRJ, algumas das empresas do grupo foram criadas de forma fraudulenta, com a colocação de “laranjas” (pessoas que emprestam o nome para ocultar o verdadeiro proprietário) em seu quadro societário.

Foram denunciadas quatro pessoas da mesma família. Eles respondem pelos crimes de falsidade ideológica e contra a ordem tributária. Além de pedir a prisão dos acusados, o MPRJ pede o pagamento de um valor igual ou superior ao montante sonegado, de forma a reparar o prejuízo causado aos cofres públicos do estado.

Edição: Valéria Aguiar
 









Veja também em Economia


Previsão de crescimento econômico aumenta; estimativa de inflação cai
Projeção para a expansão do PIB passa de 0,81% para 0,83% este ano ...


Agropecuária nordestina ganha plano de ação para o seu desenvolvimento
O AgroNordeste objetiva organizar as cadeias agropecuárias da região ...


Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep
Medida beneficia quem trabalhou antes de outubro de 1988 ...


Crise tira 61 mil vagas de quem mais emprega
Entre 2014 e 2017 as grandes empresas deixaram de ter 52 mil empregados ...

 


ads2507



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News