Rondônia, - 01:33

 

Você está no caderno - Economia
Econômia
Produção industrial recua em sete estados e na região Nordeste em maio
A produção industrial recuou em oito dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na passagem de abril...
Publicado Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, às 10:40 | Fonte Agência Brasil 0

 
 

Amanda Oliveira/GovBA

A produção industrial recuou em oito dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na passagem de abril para maio deste ano, acompanhando o recuo de 0,2% da indústria nacional no período. Segundo a Pesquisa Industrial Mensal, divulgada hoje (12), a maior queda foi observada no Espírito Santo (-2,2%).

Outros estados com queda na produção foram Rio Grande do Sul (-1,4%), Santa Catarina (-1,3%), Minas Gerais (-1%), Ceará (-0,9%), Mato Grosso (-0,7%) e Pernambuco (-0,6%) a seguir. A Região Nordeste, que tem a produção industrial de seus nove estados calculada em conjunta, recuou 0,9%.

Sete estados tiveram alta na taxa, com destaque para o Pará, que teve uma alta recorde de 59,1%, devido à retomada do setor extrativo mineral no estado. Outros locais com alta foram Rio de Janeiro (8,8%), Goiás (1,6%), Amazonas (1,2%), Bahia (1,1%), Paraná (0,7%) e São Paulo (0,1%).

Outras comparações
Na comparação com maio do ano passado, 12 dos 15 locais pesquisados tiveram alta, com destaques para os três estados do sul: Paraná (27,8%), Rio Grande do Sul (19,9%) e Santa Catarina (19,3%). Entre os três locais com queda, o recuo mais intenso foi no Espírito Santo (-17,4%).

No acumulado do ano, oito locais tiveram alta, com destaque também para os três estados do sul: Paraná (10,4%), Rio Grande do Sul (8,8%) e Santa Catarina (6,1%). Sete locais tiveram queda, a maior delas no Espírito Santo (-11,8%).

No acumulado de 12 meses, oito locais pesquisados tiveram altas, com destaque, mais uma vez para Rio Grande do Sul (9,2%), Paraná (6,3%) e Santa Catarina (5%). Dos sete locais em queda, o maior recuo foi observado no Espírito Santo (-4,1%).

Edição: Valéria Aguiar
 









Veja também em Economia


Bolsonaro diz que Brasil está na fila para entrar na OCDE
''Vai chegar a nossa hora'', afirmou o presidente ao avaliar que outros países, como Argentina e Romênia, entraram na fila antes ...


Bolsonaro está satisfeito e não quer novas mudanças na Previdência
Porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, diz que o presidente teme que alterações acarretem em mais redução da economia da proposta ...


4 em cada 10 empresários pretendem efetivar temporários
Empregos temporários de fim de ano são oportunidade para efetivação. ...


Queda dos juros deixa portabilidade dos financiamentos mais atraente
Simulação aponta que financiamento para comprar imóvel de R$ 500 mil em 2016 pode ficar quase R$ 200 mil mais em conta com a portabilidade ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News