Rondônia, - 01:51

 

Você está no caderno - Rondônia
Governo de Rondônia auxilia acolhida a venezuelano
Governo de Rondônia auxilia acolhida a venezuelanos como parte do processo de interiorização de imigrantes no País
Por ser um serviço de alta complexidade no Sistema Único de Assistência Social (Suas), o Governo do Estado de Rondônia participa do acolhimento...
Publicado Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, às 10:21 | Fonte Governo do Estado de Rôndonia 0

 
 

Fotos: 17ª Brigada

Venezuelanos desembarcaram do avião da FAB na tarde desta quinta-feira na Base Aérea de Porto Velho

Por ser um serviço de alta complexidade no Sistema Único de Assistência Social (Suas), o Governo do Estado de Rondônia participa do acolhimento aos 43 venezuelanos que chegam a Porto Velho nesta quinta-feira (11,) oriundos de Roraima. Por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), o governo rondoniense intermediará o cadastro junto ao sistema Nacional de Emprego (Sine-RO) com vistas à inserção no mercado de trabalho, auxiliará na confecção de documentos civis, caso necessário, e ainda disponibilizou um micro-ônibus para o transporte da Paróquia São Cristóvão até o abrigo. Outro micro-ônibus também foi disponibilizado pela Casa Militar. A Seas ainda está viabilizando a doação de peixes para complementar a alimentação nos abrigos. O pescado é fruto do trabalho de fiscalização da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), com o apoio do Batalhão da Polícia Ambiental, que resultou na apreensão de duas toneladas, nos dias 9 e 10 deste mês.

O acolhimento a esses estrangeiros faz parte do processo de interiorização promovido pela Força Tarefa Logística Humanitária, com o objetivo de proporcionar um recomeço para essas famílias em solo brasileiro.

Os imigrantes foram recepcionados na ALA 6 da Base Aérea de Porto Velho (BAPV) e no local foi servido almoço e realizado atendimento médico. Em seguida foram transportados pela 17ª Brigada de Infantaria de Selva até a Paróquia, onde foram recepcionados pelos dirigentes da Cáritas, que os conduziram aos abrigos nos veículos cedidos pela Seas e a Casa Militar. A Cáritas também recebeu cerca de R$ 290 mil do Departamento de Migração dos Estados Unidos para o atendimento pelo período de um ano.


ACOLHIMENTO

Desde o início deste ano a Seas tem participado do acolhimento aos venezuelanos e a outros estrangeiros no Estado, juntamente com a Força Aérea Brasileira (FAB); Cáritas, que é a entidade de promoção e atuação social que trabalha na defesa dos direitos humanos, da segurança alimentar e do desenvolvimento sustentável solidário, além do Município. Em 16 de janeiro a FAB transportou 106 venezuelanos, que foram recebidos pela Cáritas e alojados em 17 casas. Destas 106 pessoas, pelo menos 45 ainda continuam recebendo assistência, enquanto outras estão empregadas e até buscaram outros parentes. Uma parte foi embora, inclusive há registro de um caso que retornou à Venezuela. No mês de abril a Seas ainda conseguiu alojar no Ginásio Cláudio Coutinho pelo menos 20 pessoas, entre venezuelanos e cubanos, que após quatro dias seguiram para outros Estados.

Em Rondônia, além do programa de interiorização, há registro de atendimento a 546 pessoas que chegaram por meios próprios. Dessas, cinco estão no Centro POP, que é o serviço de acolhimento a pessoas em situação de rua, com somente pernoite; e 31 estão no albergue municipal, onde sãos servidas três refeições por dia e o tempo de permanência é de 30 dias.


Texto: Veronilda Lima









Veja também em Rondônia


Nota pesar pelo falecimento de Danilo Cassimiro Moreno
O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Laerte Gomes, vem a público lamentar e expressar sentimento de pesar pelo falecimento do jovem Danilo......


Matérias de iniciativa dos parlamentares são aprovadas na Assembleia Legislativa
Deputados estaduais aprovaram projetos nesta segunda-feira, durante a sessão plenária ...


Follador divulga lista de emendas, de mais de R$ 2,7 milhões, destinadas em três anos para Ariquemes
Parlamentar publicou relatório detalhado para combater informações falsas ...


Moradora denuncia falta de médico no hospital público em Monte Negro
Falta de médico já virou rotina no Hospital Municipal de Monte Negro. ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News