Rondônia, - 03:20

 

Você está no caderno - Rondônia
Vítima de chikungunya
Mulher morre vítima de chikungunya em Rolim de Moura
Autoridades alertam para que terrenos sejam limpos e se elimine criadouros do Mosquito
Publicado Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, às 08:40 | Fonte Diário da Amazônia 0

 
 

Foto: reprodução

 

Uma acadêmica do curso de Pedagogia, 22 anos de idade, moradora de Rolim de Moura (RO), teve a vida interrompida vítima de Chikungunya. De acordo com as informações das autoridades em saúde, a jovem começou a passar mal, o quadro se agravou, foi encaminhada para a capital do Estado de Rondônia em Porto Velho, não ocorreu evolução no quadro clínico e a paciente entrou em óbito. O caso ocorreu no final do mês de abril. Para que outras pessoas não morram pela doença, são necessárias algumas ações que não dependem apenas do poder público, mas principalmente de cada cidadão.

A divisão de epidemiologia da secretaria municipal de saúde, esclareceu que não existe vacina ou medicamentos contra Chikungunya. Portanto, a única forma de prevenção é acabar com o mosquito, mantendo o domicílio sempre limpo, eliminando os possíveis criadouros. Roupas que minimizem a exposição da pele durante o dia, quando os mosquitos são mais ativos, proporcionam alguma proteção às picadas e podem ser adotadas principalmente durante surtos. Repelentes e inseticidas também podem ser usados, seguindo as instruções do rótulo. Mosquiteiros proporcionam boa proteção para aqueles que dormem durante o dia (por exemplo: bebês, pessoas acamadas e trabalhadores noturnos). Recentemente tivemos um caso confirmado de Chikungunya em Rolim de Moura sendo que a paciente foi a óbito.

Sintomas da Doença

A febre Chikungunya é uma doença viral transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. No Brasil, a circulação do vírus foi identificada pela primeira vez em 2014.Os principais sintomas são febre alta de início rápido, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, além de dedos, tornozelos e pulsos. Pode ocorrer ainda dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele. A transmissão do vírus Chikungunya (CHIKV) é feita através da picada de insetos-vetores do gênero Aedes, que em cidades é principalmente pelo Aedes aegypti e em ambientes rurais ou selvagens pode ser por Aedes albopictus.

O alerta das autoridades em saúde é pedir a população eliminar ao máximo, os criadores do mosquito, quintais limpos e qualquer sintoma, procurar imediatamente socorro médico na unidade básica de saúde.

 









Veja também em Rondônia


Comissão rejeita inclusão de 26 municípios goianos no FNO
O deputado Capitão Alberto Neto entendeu que o projeto é inconstitucional e contraria a legislação vigente ...


Projeto Social da PF melhora desempenho de alunos de Escola em RO
Delegado faixa-preta em jiu-jitsu apoia e participa das aulas ...


Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep
Medida beneficia quem trabalhou antes de outubro de 1988 ...


Total de queimadas em 2019 é o maior em 5 anos
O número de focos de queimadas detectados pelo satélite de referência AQUA_M-T, administrado pela NASA, é o maior nos últimos 5 anos considerando o período de 01 de janeiro a 17 de agosto...

 


ads2507



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News