Rondônia, - 11:44

 

Você está no caderno - Esportes
Esportes
Justiça europeia confirma anulação do registro da marca “Neymar”
O cidadão português que tentou registrar a marca “Neymar” junto a União Europeia teve nesta terça-feira sua solicitação recusava e prontamente proibida pela justiça europeia.
Publicado Terça-Feira, 14 de Maio de 2019, às 09:53 | Fonte Gazeta Esportiva 0

 
 

Neymar entrou com um pedido contra o registro de uma marca com seu nome (Foto: Lionel BONAVENTURE / AFP)

 

O cidadão português que tentou registrar a marca “Neymar” junto a União Europeia teve nesta terça-feira sua solicitação recusava e prontamente proibida pela justiça europeia. De acordo com a decisão, o nome tenta “explotar de forma parasitária” o nome do jogador do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira.

Em novembro de 2016, o Escritório de Propriedade Intelectual da União Europeia (EUIPO) anulou, a pedido do próprio atleta, o registro de 2013 da marca “Neymar” para peças de vestuário, calçados e chapelaria. O proprietário da marca, o português Carlos Moreira, recorreu ao Tribunal Geral da UE, que confirmou nesta terça-feira a anulação, por considerar que ele “agiu de má-fé quando apresentou o pedido de registro”.

Moreira afirmou que sabia da existência de Neymar, mas disse não que ele era uma estrela em ascensão, e justificou a escolha do nome por sua fonética. Para os juízes, no entanto, ele não conseguiu rebater a avaliação da EUIPO de que pretendia “explorar de forma parasitária” o nome do atleta.

“Não era concebível que não tivesse conhecimento da existência do jogador quando apresentou a solicitação de registro em 2012”, afirmou em um comunicado o Tribunal Geral, que destaca o desempenho do atleta pela seleção brasileira.

Para o tribunal com sede em Luxemburgo, o empresário tinha “mais que um conhecimento limitado do mundo do futebol”, porque no mesmo dia que pediu o registro do nome “Neymar” também solicitou a inscrição da marca “Iker Casillas”, nome do goleiro espanhol que recentemente, inclusive, sofreu um infarto durante um treinamento do Porto.

Em abril de 2018, a justiça europeia se pronunciou sobre o o registro da marca de outro jogador, neste caso o argentino Lionel Messi, do Barcelona. Os magistrados autorizaram o astro argentino a registrar uma marca esportiva com seu sobrenome, já que sua popularidade torna impossível confusões com marcas similares, apesar da oposição do fabricante espanhol de roupas esportivas ‘Massi’.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Esportes


Fluminense se impõe e goleia o Cruzeiro no Campeonato Brasileiro
Após se enfrentarem no meio de semana, Fluminense e Cruzeiro se reencontraram neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro. ...


Ceni acredita no Fortaleza após empate e diz que “não faz mágica”
Rogério Ceni avaliou o empate sem gols do Fortaleza contra o Athletico-PR na Copa do Brasil de forma positiva....


Goiás marca no fim e bate o Botafogo no Serra Dourada
O Goiás conquistou importante resultado na tarde deste domingo, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro....


Em recuperação de lesão, Bellucci confirma ausência em Roland Garros
Thomaz Bellucci não irá participar do qualificatório de Roland Garros nesta temporada....

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News