Rondônia, - 01:26

 

Você está no caderno - Artigos
Soluções e providências adequadas
Todas regiões do país merecem soluções e providências adequadas
Pacto e entendimento Os líderes amazônicos não têm a pretensão de que só aqui há problemas sérios a resolver. O Sul revela..
Publicado Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, às 11:03 | Fonte Carlos Sperança 0

 
 

 

Pacto e entendimento

Os líderes amazônicos não têm a pretensão de que só aqui há problemas sérios a resolver. O Sul revela preocupação com questões como desindustrialização e desemprego. O Nordeste reclama a equalização com as demais regiões. O Sudeste sente as tragédias que obrigam a repensar noções de gestão e segurança. O Centro-Oeste requer ações que reforcem seus pontos fortes.

Todas as regiões do país merecem soluções e providências adequadas aos princípios constitucionais, claramente determinados pelos propósitos de “erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades”.

A determinação consta da Constituição de 1988, mas já desde o pós-II Guerra o governo compreende as carências e especificidade de cada região. Essa compreensão faz parte do que foi delineado com Vargas, com JK e consubstanciado no regime militar com a criação da Suframa.

Embora a Amazônia seja a região brasileira que mais preocupa o mundo, seus líderes só querem que os princípios constitucionais de combate às desigualdades sejam de fato cumpridos. A sensação de que a Amazônia está em pé de guerra com o governo federal deriva de um desmonte do que foi estabelecido no pós-II Guerra sem a construção de um novo pacto social desenvolvimentista. Sem ele o barco ficará à deriva.

………………………………………

Nossos federais

Existe certa tradição rondoniense de eleger deputados federais para prefeito no estado. Porto Velho, por exemplo, já teve a frente do Executivo municipal, Chiquilito Erse (já falecido), José Guedes e Mauro Nazif que segue na função parlamentar na Câmara dos Deputados. A tendência de um federal voltar ao Paço Tancredo Neves é grande,  talvez com Leo Moraes.

A mobilização

Do lado da atual gestão situacionista na capital, a mobilização é grande no tucanato com o projeto de reeleição do prefeito Hildon Chaves. A deputada Mariana Carvalho não mostra intenção de entrar no páreo, o ex-senador Expedito Junior se reserva para a peleja do governo ou o Senado daqui a quatro anos e na sua legenda, por cosneguinte, Chaves não tem predadores.

Os governadores

Outra tendência verificada nas eleições municipais de Porto Velho – além das surpresas de última hora – é a do candidato apoiado pelos governadores levarem pau e isto já vem de longe. Ivo Cassol que apoiou Everton Leoni e depois Garçon, Confúcio que apoiou Wilians Pimentel, são alguns exemplos. Como se vê, para governador se desgastar em Porto Velho é só se coçar…

Banho de sangue

Nossa amada Rondônia segue como um dos estados com maior indice de violência no campo no País, ao lado dos renitentes estados do Pará e Mato Grosso. A regularização fundiaria precisa ser intensificada para reduzir o banho de sangue derramado no campo com os conflitos pela terra em solo rondoniense, da bravia Jacinopolis a região de Corumbiara.

Plano Diretor

O Plano Diretor de Porto Velho, nestes trabalhos de revisão desenvolvidos por técnicos da Secretaria de Planejamento, precisa definir um projeto de expansão da zona urbana para a cidade.  Ocorre que a capital espicha para o setor chacareiro na Zona Leste, estoura na Zona Sul e nas margens da BR 319, depois da ponte. Com o crescimento irregular, as invasões ficam sem infraestrutura.   

 









ADS NEWS 5

Veja também em Artigos


O contexto migratório
O contexto migratório Desde que frei Gaspar de Carvajal escreveu os primeiros registros sobre a Amazônia a região nunca mais deixou de.....


Evitar os vices diabólicos
Como é difícil a escolha de vices. Não é a toa que os governadoraveis estão quebrando a cuca na busca de um vice que pelo menos não.....


A utopia realizável
Novas e sensacionais revelações desvendam no dia a dia os segredos mais resistentes da floresta. A primeira lição que as descobertas.....


A violência já atinge a cracolândia da capital
A onda de violência que atinge a periferia de Porto Velho começa a migrar com maior frequência no ambiente habitado pelos mendigos e.....

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News