Rondônia, - 01:04

 

Você está no caderno - Rondônia
intervenção militar nos presídios
Deputado apresenta projeto para cancelar decreto da intervenção militar nos presídios
Segundo explicou o parlamentar, o Decreto traz enormes prejuízos à prestação do serviço público
Publicado Quarta-Feira, 13 de Março de 2019, às 14:01 | Fonte Assessoria de Comunicação 0

 
 

José Hilde

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS)

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS) protocolou na tarde de terça-feira (12) um Projeto de Decreto Legislativo para sustar os efeitos do Decreto do governador Marcos Rocha (PSL) que autorizou a intervenção e a administração pelo Comando da Polícia Militar do Estado de Rondônia nas unidades prisionais, bem como a convocação de integrantes do Corpo Voluntário de Militares do Estado da Reserva Remunerada.

 

No projeto, Anderson explica que o Decreto n. 23.592, de 24 de janeiro de 2019, afronta a Constituição Federal e Estadual, considerando que as duas Cartas Magnas definem que o papel da Polícia Militar, entre outros, é de promover a segurança externa dos estabelecimentos penais.

 

“Lugar de polícia é na rua. É para isso que o cidadão paga seus impostos. Esse decreto vem trazendo enormes prejuízos à prestação do serviço público, onde muitas localidades estão sofrendo com a violência e a falta de policiamento. Além disso, está ferindo os direitos fundamentais dos servidores penitenciários”, evidenciou o deputado ao comentar sobre a proposta corretiva.

 

Anderson Pereira enfatizou ainda no projeto que o Estado deixou de observar o princípio da Legalidade, pois não pode o decreto, na qualidade de ato normativo, dispor sobre matérias para as quais a Constituição Estadual exige a edição de lei, conforme preconiza o inciso X do art. 148 da Constituição Estadual.

 

O projeto questiona também a convocação de militares da reserva remunerada, pois a Lei n. 1.053, de 22 de fevereiro de 2002, que criou o Corpo Voluntário de Militares do Estado da Reserva Remunerada, aduz que a atuação deve se limitar ao policiamento de segurança externa, quando da convocação para a segurança dos estabelecimentos penais do estado.

 

Devido à relevância pública da matéria, o parlamentar requereu à Mesa Diretora para que o projeto fosse incluído na Ordem do Dia da sessão ordinária realizada no mesmo dia, no entanto, a proposta deverá antes seguir o rito pelas comissões.

 

O art. 29, XIX, da Constituição Estadual outorga ao Poder Legislativo a competência exclusiva para sustar os atos normativos do Poder Executivo que exorbitem o poder regulamentar que são instrumentos que constitui um dos pilares do sistema de freios e contrapesos que foram adotados pelo legislador constituinte.







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Rondônia


Duplicação é descartada e BR-364 vai ficar só no tapa-buracos
O governo federal só terá recursos para os serviços de manutenção e tapa-buracos da BR-364 em 2019. Este foi o comunicado do ministro.....


Adelino Follador aponta trechos danificados e de alto risco nas estradas em Rondônia
Há trechos bem críticos que precisam ser recuperados o quanto antes para evitar novas tragédias....


Terra Indígena mais desmatada de Rondônia é cenário de operação realizada pela Funai e instituições parceiras
De acordo com João Alcides Loureiro, diretor de Proteção Territorial (DPT), as atividades de monitoramento territorial têm sido intensificadas na região....


Mulher morre vítima de chikungunya em Rolim de Moura
Autoridades alertam para que terrenos sejam limpos e se elimine criadouros do Mosquito...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News