Rondônia, - 12:40

 

Você está no caderno - NACIONAL
Bolsonaro em manaus
Bolsonaro visitará o Polo Industrial de Manaus e fábricas da Samsung e Moto Honda
Na programação também está prevista visita nas linhas de produção das fábricas Samsung e Moto Honda.
Publicado Quarta-Feira, 13 de Março de 2019, às 07:10 | Fonte Assessoria de Comunicação 0

  
 
 

Está pré-agendado para o dia 9 de abril a visita ao Polo Industrial de Manaus (PIM) do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. A confirmação foi feita pelo superintendente da Autarquia, Alfredo Menezes. Na programação também está prevista visita nas linhas de produção das fábricas Samsung e Moto Honda.

Conforme o superintendente, a vinda do chefe de Estado ao PIM foi acertada no dia 6 deste mês durante sua viagem à Brasília e o planejamento é que Bolsonaro seja acompanhado pela equipe do Ministério da Economia. “Será uma visita do tipo bate-volta. Ele deverá chegar às 9h e retornar às 16h. Nossa sugestão é que terá uma entrevista coletiva do presidente e equipe ministerial e, depois, ele conhecerá o processo produtivo da Samsung e da Honda. São empresas altamente geradoras de empregos e com elevado nível tecnológico envolvido na produção”, salientou.

Alfredo Menezes explicou que a ideia inicial era que o presidente participasse da 287ª Reunião Ordinária Conselho de Administração da Suframa, mas a nova composição do Conselho ainda está sendo definida pelo Ministério da Economia. “Para agilizar a presença do presidente em Manaus, entendemos que era melhor desvincular da realização do CAS, pois processo de nomeação dos novos conselheiros ainda está em evolução no ministério”, disse.

O superintendente destacou, ainda, que na viagem à capital federal, também ficou firmada a visita ao PIM do secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), Carlos Alexandre da Costa, secretaria a qual a Autarquia está vinculada. O objetivo será anúncio de aperfeiçoamentos na metodologia de aprovação dos Processos Produtivos Básicos (PPBs). “Carlos Costa virá entre 30 e 45 dias para cá, para anunciar melhorias no PPB.

Com as alterações, o processo será menos burocrático e a média de tempo que hoje é de nove meses deverá cair para 45 ou 60 dias, dependendo do produto. Será um avanço, pois a legislação determina que a definição ocorra em até 120 dias”, explicitou.







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em NACIONAL


Governo leiloa hoje quatro áreas portuárias
São três na Paraíba e uma no Espírito Santo...


Aluno ferido em ataque a escola em Suzano permanece internado
...


Da Vale: Sirene dispara em barragem de Barão dos Cocais
O alerta ocorre cerca de dois meses após o rompimento de uma barragem da mineradora Vale na mina Córrego do Feijão...


Governo bloqueia quase R$ 30 bilhões de despesas do Orçamento
...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News