Rondônia, - 20:46

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
ajude doando sangue
Estoque de sangue tipo A+, A- e O é de apenas três dias, Fhemeron busca parceiros para intensificar doação
O ano iniciou e a preocupação do Estado continua em relação às doações de sangue.
Publicado Quarta-Feira, 9 de Janeiro de 2019, às 17:20 | Fonte Gaia Bentes - Secom Governo de RO 0

  
 
 

Jeferson Mota

Com baixa no estoque de bolsas de vários tipos sanguíneos, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron) projeta campanhas para doação massiva de sangue com parcerias entre empresas, fundações, igrejas, grupos sociais e comunidade geral. O Estado possui hemocentros regionais com centros de coleta em Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura e Vilhena.

O ano iniciou e a preocupação do Estado continua em relação às doações de sangue. Com estoque crítico nas tipagens sanguíneas A+, A- e O-, suficientes para no máximo três dias, e queda no tipo O+, a Fhemeron busca dar continuidade nas ações desenvolvidas em 2018, com os parceiros mais atuantes, como a Aeronáutica, Exército, Polícia Militar e igrejas, mas ressalta a necessidade de mais parceiros. No final do ano passado, a Diretoria de Ensino da Polícia Militar participou com a indicação de mais de 150 alunos doadores, garantindo margem de segurança ao estoque da Fundação. Porém, como a tipagem A+ é uma das mais utilizadas em transfusões, faz-se necessário acelerar as ações de doações para permitir que vidas sejam salvas.

Diego de Souza Borges, 29 anos, é engenheiro sanitarista e ambientalista, com o tipo sanguíneo A+. Entendendo a necessidade e urgência em relação a doação de sangue, periodicamente disponibiliza um dia para doar. “A motivação é pra ajudar mesmo, pra doar pra quem tá precisando porque sempre tem. Acontece acidente, principalmente de moto e a gente sabe que o pessoal tá precisando. A intenção mesmo é com essa consciência maior de ajudar”, explicou o engenheiro que não ganha nenhum valor pela sua atitude, além do prazer de contribuir e salvar vidas.

A Assistente Social da Fhemeron, Maria Luíza Pereira, explica que a Fundação dispõe de estrutura adequada para atender os doadores, mas também consegue auxiliar, em casos específicos, com a liberação de equipe de coleta externa, ou transporte se for necessário. “A Fhemeron possui um ônibus com capacidade para transportar 27 pessoas ao Hemocentro, onde está a estrutura ideal. A gente faz o possível e impossível pra trazer os doadores”.

No desenvolvimento das campanhas de doação, as redes sociais influenciam na divulgação das maiores necessidades dos hemocentros. Atualmente a comunicação midiática é realizada pela página oficial da Fhemeron no Facebook. Mas, o auxílio maior se dá a partir dos doadores, que se organizam em grupos, onde trocam informações e compartilham as campanhas.

REQUISITOS PARA DOAR

  • Estar em boas condições de saúde
  • Ter entre 18 e 69 anos
  • 16 e 17 anos pode doar acompanhado do responsável
  • Boa alimentação, evitando gordura
  • Homem pode doar a cada 2 meses
  • Mulher pode doar a cada 3 meses
  • Ter dormido pelo menos 6 horas

Dentre os impedimentos para a doação, estão os casos específicos de doenças e sintomas temporários, podendo ser avaliado no Centro de Testagem e Aconselhamento, localizado na Policlínica Oswaldo Cruz em Porto Velho, ou em contato nos hemocentros do Estado.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


Rondônia registra mais de 700 casos de tuberculose
De acordo com a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Rondônia registrou mais de 700 casos da doença, ainda nesse mês de março uma campanha vai ser realizada com foco na redução do abandono ao tratamento da doença....


Judicialização na saúde sobe 130% no país em uma década
Ações cobram do SUS e de planos de saúde novos remédios, procedimentos complexos, leitos e consultas, afirma estudo...


Confira dicas para amenizar a ressaca antes, durante e depois do Carnaval
Mas para diminuir os efeitos da ressaca, a nutricionista do Prezunic, Leusimar Nunes, preparou uma lista de alimentos que ajudam a aproveitar o melhor da festa, do início ao fim. ...


Após 6 meses cirurgias no coração voltam a ser realizadas em Rondônia
As cirurgias foram retomadas em plena terça-feira de carnaval, graças a uma força-tarefa da gestão da Sesau, que se dedicou na compra e entrega dos materiais......

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News