Rondônia, - 20:11

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Governo francês cede e abandona plano para aumento de impostos sobre combustíveis
Depois do anúncio de que o aumento do imposto sobre os combustíveis seria suspenso por 6 meses, Édouard Philippe anunciou em sessão parlamentar que a medida vai ser abandonada.
Publicado Quarta-Feira, 5 de Dezembro de 2018, às 19:58 | Fonte Observador 0

  
 
 

AFP/Getty Images

O primeiro-ministro francês Édouard Philippe


O governo francês deixou cair o aumento de impostos sobre os combustíveis, o motivo dos protestos dos últimos dias dos “coletes amarelos”. Inicialmente tinha dito que a medida ficaria suspensa por seis meses. Com este novo anúncio, o Governo francês pretende evitar a todo o custo que se repitam no próximo sábado as cenas de guerrilha urbana dos protestos do passado dia 01 de dezembro em Paris.

Acusado de reagir tarde e mal à crise dos “coletes amarelos”, o executivo defendeu esta quarta-feira, na Assembleia Nacional francesa, a forma como geriu a situação.

Segundo o jornal Le Monde, o primeiro-ministro, Édouard Philippe, anunciou que o governo “não irá aplicar” a medida de aumento da taxa de carbono (que provoca o aumento do preço da gasolina e do gasóleo em França) e que “o governo está pronto para dialogar” de forma a atenuar o clima de tensão vivida em França.

O debate parlamentar prosseguirá na quinta-feira com outra sessão semelhante no Senado, essa sem votação, antes de o Governo enfrentar, no sábado, outra prova de fogo, com a quarta manifestação consecutiva, na qual prometeu tolerância zero para com os comportamentos violentos.

Uma sondagem divulgada na terça-feira pelo instituto de estudos de opinião BVA indicou que sete em cada dez franceses continuam a apoiar os “coletes amarelos”.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Iraque. Naufrágio de ferry no rio Tigre provoca quase uma centena de mortos em Mossul
Os passageiros cruzavam o rio com destino aos parques onde as famílias tradicionalmente fazem piqueniques para celebrar o Ano Novo persa. O ministro da Justiça ordenou a prisão de nove trabalhadores da empresa de ferries e impediu os proprietários ...


Dois soldados norte-americanos mortos no Afeganistão
NATO não identifica os militares, dizendo apenas que foram mortos “durante uma operação”, sem especificar o local ou as circunstâncias...


Coreia do Norte abandona gabinete de contacto com a Coreia do Sul
As autoridades sul-coreanas lamentaram a decisão, para a qual, disseram, o Norte não apresentou quaisquer razões...


Novo balanço de explosão em fábrica chinesa: 47 mortos. Governos locais devem aprender a lição, diz Xi Jinping
No momento da explosão, considerada um dos piores acidentes industriais da China nos últimos anos, foi registado um sismo de magnitude 2,2 na escala de Richter. O fogo foi dado como controlado na madrugada desta sexta-feira...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News