Rondônia, - 20:52

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Luxemburgo pode tornar-se no primeiro país com transporte público gratuito
Depois de ter sido definido que os jovens com menos de 20 anos poderiam viajar gratuitamente em comboios, elétricos e autocarros no Luxemburgo, o país poderá alargar a decisão para toda a população.
Publicado Quarta-Feira, 5 de Dezembro de 2018, às 19:55 | Fonte Observador 0

  
 
 

AFP/Getty Images

Desde o dia 1 de agosto, uma nova lei definiu que todas as crianças e jovens com menos de 20 anos, estudantes ou não, passaram a poder viajar gratuitamente em comboios, elétricos e autocarros


A partir do próximo verão, Luxemburgo poderá tornar-se no primeiro país do mundo a ter todo o transporte público grátis. O Governo de coligação do Grão-Ducado do Luxemburgo, liderado por Xavier Bettel, tinha definido a preservação do meio ambiente como uma das prioridades e promessas durante a mais recente campanha eleitoral.

A capital luxemburguesa é uma das cidades que poderá beneficiar mais com esta decisão, tendo em conta que sofre um dos piores congestionamentos de trânsito. A cidade tem cerca de 100 mil pessoas, mas são mais de 400 mil as que se deslocam diariamente para lá em trabalho. Segundo o The Guardian, em 2016 um estudo concluiu que os condutores passaram cerca de 33 horas retidos em filas no trânsito.

Esta não é a primeira decisão relativa à abolição dos bilhetes para transportes públicos que Luxemburgo toma. Desde o dia 1 de agosto, uma nova lei definiu que todas as crianças e jovens com menos de 20 anos, estudantes ou não, passaram a poder viajar gratuitamente em comboios, elétricos e autocarros. Já os passageiros comuns precisam apenas de pagar dois euros para cerca de duas horas de viagem, o que num país mais pequeno, como é o Luxemburgo, permite cobrir quase qualquer viagem.

Apesar de a decisão de abolir os títulos de transporte estar em cima da mesa, ainda não terá sido pensado o que vai acontecer com os bilhetes de primeira e segunda classe nos transportes. A medida tem como objetivo a poupança nas taxas e no controlo da aquisição dos títulos de transporte, bem como o incentivo à menor utilização de carros particulares e, assim, a diminuição do congestionamento do trânsito e o aumento de soluções mais amigas do ambiente.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Iraque. Naufrágio de ferry no rio Tigre provoca quase uma centena de mortos em Mossul
Os passageiros cruzavam o rio com destino aos parques onde as famílias tradicionalmente fazem piqueniques para celebrar o Ano Novo persa. O ministro da Justiça ordenou a prisão de nove trabalhadores da empresa de ferries e impediu os proprietários ...


Dois soldados norte-americanos mortos no Afeganistão
NATO não identifica os militares, dizendo apenas que foram mortos “durante uma operação”, sem especificar o local ou as circunstâncias...


Coreia do Norte abandona gabinete de contacto com a Coreia do Sul
As autoridades sul-coreanas lamentaram a decisão, para a qual, disseram, o Norte não apresentou quaisquer razões...


Novo balanço de explosão em fábrica chinesa: 47 mortos. Governos locais devem aprender a lição, diz Xi Jinping
No momento da explosão, considerada um dos piores acidentes industriais da China nos últimos anos, foi registado um sismo de magnitude 2,2 na escala de Richter. O fogo foi dado como controlado na madrugada desta sexta-feira...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News