Rondônia, - 05:07

 

Você está no caderno - Artigos
Técnicos aproveitados no futuro governo
Técnicos aproveitados no futuro governo
Quem estiver fazendo um bom trabalho no atual governo poderá ser aproveitado no governo do coronel Marcos Rocha (PSL), que assume a partir..
Publicado Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018, às 14:23 | Fonte Marcelo Freire 0

 
 


Quem estiver fazendo um bom trabalho no atual governo poderá ser aproveitado no governo do coronel Marcos Rocha (PSL), que assume a partir de 1º de janeiro de 2019. Essa possibilidade não foi descartada pelo governador eleito na entrevista de ontem ao jornalista Léo Ladeia, no programa “Fala Rondônia”, da Rede TV! Rondônia.
Na primeira entrevista de Marcos Rocha à Rede TV!, alguns nomes da equipe de transição foram ventilados com grande chance de fazer parte da equipe de primeiro escalão. Outros foram descartados, mas alimentam a esperança de fazer parte da linha de frente do governo do coronel.

Mas o que chama atenção é o fato de algumas pessoas que não estão na equipe de transição de governo participando de reuniões importantes a pedido de Marcos Rocha. Na semana passada, por exemplo, aconteceram pelo menos três reuniões em Porto Velho de grande interesse econômico do Estado onde não estavam pessoas da equipe de transição. Mas o importante é que o encontro foi realizado a pedido do governador eleito onde se discutiu sobre as finanças do Estado e a incorporação de duas importantes secretarias na próxima gestão.

Marcos Rocha sabe que encontrará um Estado com bastante dificuldade pela frente e para isso precisará identificar nesse primeiro momento o que está produzindo bom resultado no governo de Daniel Pereira (PSB) e que precisará ter sequência na próxima gestão. O governo de Marcos Rocha tem pressa em atingir os primeiros resultados satisfatórios nos 100 dias de governo e para isso se concretizar precisa muito do trabalho de quem realmente conhece profundamente o Estado e o que pode ameaçar a próxima gestão.

Ao longo do segundo mandato, o ex-governador Confúcio Moura prometeu valorizar os técnicos e servidores de carreira. Prometeu, ainda, capacitar os profissionais com cursos de aperfeiçoamento. Não se sabe até o momento se essas promessas foram cumpridas junto ao funcionalismo público, mas é notório que o Estado tem seus quadros profissionais com larga experiência em administração pública e poderá sim contribuir para o desenvolvimento do Estado.

O Tribunal de Contas do Estado também possuiu um cadastro de profissionais que já se aposentaram, mas que estão aptos para o mercado de trabalho e poderão contribuir sim com o estado de Rondônia, inclusive auxiliando o governo Estadual em Brasília.

O Tribunal de Justiça também tem capacitado seus técnicos e servidores de carreira com cursos de pós-graduação no Brasil e no exterior. O conhecimento profissional é compartilhado com os demais servidores, evitando que o Poder Judiciário comprometa o seu orçamento com o pagamento de diárias para vários servidores. São praticas que apresentaram bons resultados e poderão ajudar o futuro o governo.

 

 







Veja também em Artigos


Tucanos se dividem e podem perder um dos seus nomes mais importantes + Corte de luz na tarde da sexta-feira + Alguns não merecem a sagrada toga!
TUCANOS SE DIVIDEM E PODEM PERDER UM DOS SEUS NOMES MAIS IMPORTANTES: LAERTE GOMES TROCARÁ DE PARTIDO? ...


Os boicotes internacionais + Cidade desunida + Pólos regionais + Só apelando...
Os ataques do governo à imprensa, ongs e “interesses estrangeiros” provocaram lamentáveis casos de boicote aos produtos brasileiros no exterior...


Crenças errôneas + Balaio de gatos + É coisa de louco! + Plano Diretor de Porto Velho
No passado, pensar o Brasil no exterior era imaginar o Rio de Janeiro, samba, mulatas e futebol...


STF decide hoje se Rondônia terá que pagar dívida do Beron + IPEM vai à CPI explicar parceria com a Energisa
STF DECIDE HOJE SE RONDÔNIA TERÁ QUE PAGAR DÍVIDA PORNOGRÁFICA DO BERON OU SE NOS LIVRAREMOS DESSA PRAGA ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News