Rondônia, - 19:08

 

Você está no caderno - Notícias da Justiça e do Direito
Acessibilidade em calçadas de São Miguel
MP move ação contra Prefeito por omissão na garantia de acessibilidade em calçadas de São Miguel
O Ministério Público de Rondônia ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o Município de São Miguel do Guaporé e o Prefeito Cornélio Duarte de Carvalho, em razão de omissão administrativa na promoção de medidas que visam à garantia de acessibilidade nas calçadas da cidade de São Miguel.
Publicado Quarta-Feira, 24 de Outubro de 2018, às 16:58 | Fonte Ministério Público do Estado de Rondônia 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=355760&codDep=35" data-text="MP move ação contra Prefeito por omissão na garantia de acessibilidade em calçadas de São Miguel

  
 
 

 

O Ministério Público de Rondônia ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o Município de São Miguel do Guaporé e o Prefeito Cornélio Duarte de Carvalho, em razão de omissão administrativa na promoção de medidas que visam à garantia de acessibilidade nas calçadas da cidade de São Miguel.

A ação foi proposta pelo Promotor de Justiça Jônatas Albuquerque Pires Rocha, em razão de problemas relacionados à falta de acessibilidade nas calçadas que perfazem o centro comercial da cidade. Na região, não são observadas normativas legais e técnicas de acessibilidade e mobilidade urbana, segundo determinações da ABNT NBR, havendo, ainda, ocupação ilícita de calçadas, causando embaraço ao livre trânsito de pedestres.

Conforme argumenta o Ministério Público, ao longo dos três anos em que vem tentando obter solução para a questão, foram realizadas diligências que constataram a precariedade das calçadas; o uso indevido desses espaços para a exposição de mercadorias, desnível das calçadas e obstáculos que impedem o ingresso de cadeirantes, em decorrência da ausência de rebaixamentos adequados que garantam acessibilidade, conforme disposto na norma técnica ABNT NBR 9050:2015.

Na ação, o MP requer a condenação do Município de São Miguel, visando à garantia do direito fundamental de acessibilidade, sendo o Município obrigado a elaborar e implantar Projeto Arquitetônico Municipal de Calçadas Urbanas, considerando todos os logradouros públicos dos bairros e distritos e, posteriormente, observando as determinações da norma ABNT NBR 9050: 2015; além de leis federais e municipais que tratam do tema.

O Ministério Público também pede que a Administração Municipal seja obrigada a construir e adequar, aos padrões de acessibilidade definidos em lei, as calçadas ou passeios públicos de acesso a todos os prédios públicos instalados em seu território político ou de concessionárias de serviço público. Outro pedido é para que o Município proceda a fiscalização para reprimir a construção de calçadas fora dos padrões, entre outras medidas.

O MP requer, ainda, ante a omissão do Prefeito em adotar providências para a garantia da acessibilidade às pessoas portadoras de deficiência, que seja julgado procedente o pedido para condenar Cornélio Duarte de Carvalho pela prática de atos de improbidade administrativa que afrontam os princípios da Administração Pública.


Fonte: Ascom MP/RO

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Notícias da Justiça e do Direito


PGR abre 18 ações contra deputados federais e senadores do MDB, do PT e do Pros
 Essa nova leva de pedidos de abertura de investigações decorre do conteúdo de duas colaborações premiadas ainda sob sigilo, homologadas......


O País da impunidade: Quatro acusados por morte de Amarildo são absolvidos
Quatro dos 12 policiais militares condenados em 2016 e presos pela morte do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza......


Mais de 8 mil processos de violência contra mulher tramitam na capital de Rondônia
Para se ter ideia do volume de trabalho das varas especializadas, em fevereiro de 2019 tramitavam 8 mil e 300 procedimentos criminais, entre eles as mais de 2 mil medidas protetivas vigentes....


Operação cumpre mandados de prisão, busca e apreensão e afastamento de servidores estaduais em Porto Velho
Foi deflagrada nas primeiras horas desta segunda-feira (05/11), pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosa Organizadas de Cacoal – DRACO/Interior, operação policial para cumprimento de medidas cautelares de prisão, busca e apreensão e afastamen...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News