Rondônia, - 07:47

 

Você está no caderno - Notícias da Justiça e do Direito
Ex-governador de GO Marconi Perillo é preso
Ex-governador de GO Marconi Perillo é preso por suspeita de receber propina da Odebrecht
Marconi Perillo recebeu voz de prisão ao chegar para depor à Polícia Federal, em Goiânia. Segundo delatores da Odebrecht, campanhas dele receberam R$ 10 milhões ilegalmente
Publicado Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, às 18:02 | Fonte Correio Braziliense 0

 
 

Poder 360

Ex-governador de GO Marconi Perillo

O ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB) foi preso na tarde desta quarta-feira (10/10), em Goiânia, enquanto prestava depoimento à Polícia Federal sobre suspeita de propinas pagas em campanhas eleitorais. A Polícia Federal não confirmou inicialmente a prisão, mas os advogados do ex-governador emitiram nota condenando a decisão (leia abaixo).

 

No momento da prisão, Perillo depunha para esclarecer suspeitas levantadas pela operação Cash Delivery, que apura pagamentos indevidos de valores a agentes públicos no estado vizinho ao DF. Segundo a PF, delatores da empreiteira Odebrecht citaram repasses ilegais de cerca de R$ 10 milhões às campanhas de Perillo — R$ 2 milhões em 2010 e R$ 8 milhões em 2014.

 

Em setembro, a operação executou 14 mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Perillo (PSDB) e cinco mandados de prisão temporária, um deles contra o coordenador de campanha do governador José Elinton (PSDB), que tentou a reeleição, mas acabou derrotado no primeiro turno por Ronaldo Caiado.

Na ocasião, o Ministério Público Federal afirmou que só não havia pedido as prisões temporárias de Perillo porque a lei eleitoral não permite prisões de candidatos entre 15 dias antes e dois dias após o pleito. Perillo tentou se eleger para o Senado, mas acabou em quinto lugar no último domingo, depois que a deflagração da Cash Delivery o fez despencar nas pesquisas eleitorais. Assim, o ex-governador de Goiás, que atua na política desde 1991, ficou pela primeira vez sem mandato e sem foro privilegiado. 

 

O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, afirmou que recebeu a notícia da prisão com perplexidade. De acordo com o defensor de Perillo, "não há absolutamente nenhum fato novo que justifique o decreto do ex-governador Marconi Perillo, principalmente pelas mencionadas decisões anteriores que já afastaram a necessidade de prisão neste momento."  

 

Veja a íntegra da nota da defesa de Perillo


"A Defesa de Marconi Perillo, perplexa, vem registrar a completa indignação com o decreto de prisão na data de hoje. O Tribunal Regional da Primeira Região ja concedeu 2 liminares para determinar a liberdade de duas outras pessoas presas nessa mesma operação, através de decisões de 2 ilustres Desembargadores. O novo decreto de prisão é praticamente um “copia e cola” de outra decisão de prisão já revogada por  determinação do TRF 1. Não há absolutamente nenhum fato novo que justifique o decreto do ex Governador Marconi Perillo, principalmente pelas mencionadas decisões anteriores que já afastaram a necessidade de prisão neste momento. Na visão da defesa, esta nova prisão constitui uma forma de descumprimento indireto dos fundamentos das decisões de liberdade concedidas a outros investigados. A Defesa acredita no Poder Judiciário e reitera que uma prisão por fatos supostamente ocorridos em 2010 e 2014, na palavra isolada dos delatores, afronta pacífica jurisprudência do Supremo, que não admite prisão por fatos que não tenham comtemporaneidade. Marconi Perillo recebeu o decreto de prisão quando estava iniciando o seu depoimento no departamento de Polícia Federal e optou por manter o depoimento por ser o principal interessado no esclarecimento dos fatos." 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Notícias da Justiça e do Direito


Expansão do Projeto Apadrinhando uma História chega às comarcas do Cone Sul de RO
A segunda fase de expansão do Projeto Apadrinhando uma História está em andamento desde segunda (6)....


Profaz é apresentado em reunião sobre o turismo no Estado de Rondônia
O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO) participou na última quinta-feira (30), no Palácio Rio Madeira, da 1ª reunião da política federal do Ministério do Turismo em relação às Instâncias de Governanças Regionais (IGRs) nos municípios que fazem par...


Juízes trabalhistas são capacitados a utilizar ferramenta para a publicação de sentenças líquidas
As aulas foram expositivas, com utilização de recurso visual (slides), discussão em grupo através de trabalhos práticos e resolução de exercícios, utilizando o programa PJe-Calc...


TCE-RO disponibiliza ferramenta eletrônica que facilita pesquisa de suas ementas
Gestores, servidores públicos, comunidade jurídica e demais interessados que precisam consultar decisões do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) já podem contar com um novo mecanismo, cujo objetivo é facilitar a busca pela peça escolhida....

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News