Rondônia, - 06:30

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Polícia Federal faz operação contra crime de descaminho em MS e MT
Publicado Terça-Feira, 9 de Outubro de 2018, às 14:30 | Fonte Amazonia.org.br 0

 
 

Foram apreendidos vários produtos eletrônicos durante a operação – Direitos reservados/divulgação Polícia Federal

 

Quatro pessoas foram presas em flagrante hoje (9) e diversas mercadorias apreendidas, durante operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) para combater crime de descaminho, em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, e Cuiabá, em Mato Grosso.

Em Cuiabá, foram apreendidos produtos irregulares, mas ninguém foi preso. Em Campo Grande, os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão em vários endereços: em uma loja de eletrônicos com mercadorias irregulares trazidas do Paraguai, localizada próxima ao camelódromo da cidade; na residência do proprietário da loja; e na casa de um fornecedor de produtos eletrônicos.

Segundo a PF, toda a mercadoria apreendida e os detidos durante a operação policial foram levados para a Superintendência Regional da PF, na capital de Mato Grosso do Sul.

 

Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Aécio Amado

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em NACIONAL


Atos de 26 de maio expõem 'racha' na direita que apoia Bolsonaro
De um lado estão os que apoiam as manifestações, como os grupos mais radicais e a ala ligada a Olavo. Do outro lado estão parlamentares do PSL que não integram a brigada olavista...


Fantasma de Queiroz pode explicar radicalização política dos Bolsonaros
Investigação contra o filho de Bolsonaro é um dos motivos que levaram aliados a convocar uma manifestação para o próximo domingo. Ideia é politizar a investigação criminal...


Cade pede punição de 16 empresas por cartel de trens em SP
Investigação aponta R$ 9,4 bilhões de contratos fraudados entre 1998 e 2013...


Fim da prisão após 2ª instância pode dar liberdade a 22 mil detentos
...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News