Rondônia, - 04:38

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Venezuela. Engenheiro português assassinado em Caracas
Um engenheiro português de 36 anos foi assassinado em Caracas por vários homens armados e por motivos ainda desconhecidos, noticiou a imprensa local.
Publicado Segunda-Feira, 8 de Outubro de 2018, às 14:13 | Fonte Observador 0

  
 
 

Orlando Barria/EPA


Um engenheiro português de 36 anos foi assassinado em Caracas por vários homens armados e por motivos ainda desconhecidos, noticiou a imprensa local esta segunda-feira.

A vítima, segundo o diário El Universal, trabalhava para a empresa Digitel, uma das mais importantes operadoras de telefonia móvel da Venezuela.

O português foi assassinado no sábado na avenida Rio de Janeiro, no leste da capital, zona que normalmente não frequentava.

A família desconhece como aconteceram os factos e teve conhecimento do crime através do Twitter, depois de a polícia ter localizado o cadáver.

A vítima tinha todos os seus haveres consigo e a família está a apelar à polícia para que investigue o homicídio e não permita que o crime fique impune.

O engenheiro era casado e tinha três filhos.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Dois soldados norte-americanos mortos no Afeganistão
NATO não identifica os militares, dizendo apenas que foram mortos “durante uma operação”, sem especificar o local ou as circunstâncias...


Iraque. Naufrágio de ferry no rio Tigre provoca quase uma centena de mortos em Mossul
Os passageiros cruzavam o rio com destino aos parques onde as famílias tradicionalmente fazem piqueniques para celebrar o Ano Novo persa. O ministro da Justiça ordenou a prisão de nove trabalhadores da empresa de ferries e impediu os proprietários ...


Coreia do Norte abandona gabinete de contacto com a Coreia do Sul
As autoridades sul-coreanas lamentaram a decisão, para a qual, disseram, o Norte não apresentou quaisquer razões...


Donas de Almaraz acordam prolongar funcionamento da central nuclear
O acordo entre as elétricas Iberdrola, Endesa e Naturgy permite estender a vida útil dos dois reatores da central e aponta para uma projeção de investimentos de 400 milhões de euros, com uma oscilação de 50%...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News