Rondônia, - 12:06

 

Você está no caderno - Artigos
Esse negócio de querer ganhar no grito já não cola
Esse negócio de querer ganhar no grito já não cola
Esse negócio de querer ganhar no grito já não cola. Estou me referindo a ameaça postada pelo particular amigo (do Silvio Santos), Paulo..
Publicado Sábado, 28 de Julho de 2018, às 05:22 | Fonte Silvio Santos - Zé Katraka 0

 
 

 

Esse negócio de querer ganhar no grito já não cola. Estou me referindo a ameaça postada pelo particular amigo (do Silvio Santos), Paulo Andreoli do site Rondônia ao Vivo que postou na sua conta do face o seguinte:

**********

EXCLUSIVO: “Somente os escolhidos vão poder filmar. Parabéns Daniel Pereira. Deste modo se democratiza a cultura rondoniense”.

*********

Paulo está se referindo ao Arraial Flor do Maracujá.

**********

Sabe por que estou contra essa postagem? Porque sou da diretoria da Federon como Diretor de Comunicação e posso afirmar, que jamais o Andreoli nos procurou para saber o que estava acontecendo ou esta acontecendo a respeito da realização do Flor do Maracujá.

*********

Sem saber da missa o terço, ele coloca o nome do Daniel Pereira no seu post e ainda ameaça.

*********

Meu amigo Paulo Andreoli se você tivesse nos procurado como diretor de comunicação da Federon, com certeza, não publicaria o que publicou.

*********

Você ficaria sabendo que a Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás – Arraial Flor do Maracujá, desde o ano de 2014, deixou de ser um evento coordenado pelo governo do estado de Rondônia e passou para o comando da Federação de Grupos Folclóricos de Rondônia – FEDERON.

*********

Isso aconteceu durante reunião, coordenada pelo então Procurador do MP DR. Heverton Aguiar na qual compareceram, todos os órgãos que de uma maneira ou de outra, têm a ver com a realização do Arraial Flor do Maracujá.

***********

Só para citar alguns Secel (Sejucel), Corpo de Bombeiros, Semusa, Sesau, Eletrobras, Policia Militar de Rondônia, Semusp, Semtran, Detran, Caerd, entre outros.

**********

Ali ficou decidido e assinado, o que cada um teria que fazer pela realização do Arraial Flor do Maracujá.

*********

Inclusive, um dos pontos aprovado foi que o governo do estado se obrigava a contratar e fazer constar do contrato a instalação de arquibancadas, sonorização e iluminação artística assim como montagem do palco e tendas. **********

A prefeitura ficou responsável pela limpeza da área (Parque dos Tanques) e entorno: rua Lauro Sodré inclusive, coordenando o estacionamento da rua.

**********

A Eletrobrás pela instalação de rede energia (posteamento etc), dentro do Parque, enfim, cada um na sua especialidade.

**********

A Federon a partir de então, assumiu a direção do Flor do Maracujá se responsabilizando pela sua organização e realização. Desobrigou também o governo de fazer repasse financeiro aos grupos folclóricos.

*********

Na realidade, a ultima vez que os grupos folclóricos receberam recursos para a montagem de suas apresentações no Flor, foi no primeiro ano do governo Confúcio Moura. Depois disso, nada.

*********

Por isso meu amigo Andreoli, o Flor do Maracujá é de responsabilidade da FEDERON e não do governo estadual. Por isso o governador Daniel Pereira não tem nada de ser cobrado sobre quem vai transmitir ou não as apresentações no 37º Arraial Flor do Maracujá.

*********

E mais, qualquer empresa de comunicação está liberada para fazer a cobertura jornalística do Flor do Maracujá, é só solicitar a credencial. Todas as empresas de comunicação serão bem vindas.

**********

Acontece que transmitir as apresentações ao VIVO, só a RedeTV-RO está autorizada.

**********

Tem um detalhe, a RedeTV-RO não está pagando e nem recebendo nenhum tostão pela exclusividade, existe apenas um acordo de parceria para o futuro.

**********

Não custa nada nos procurar ou consultar, para saber sobre o Flor do Maracujá. O contato é (69) 9 9302-1960.

**********

A Federon convida todos os órgãos de imprensa, televisiva, escrita, falada e virtual para a abertura do 37º Arraial Flor do Maracujá, as 19h30, desta sexta feira dia 27 de julho, na Cidade da Cultura (Parque dos Tanques) em Porto Velho/RO.

 









Veja também em Artigos


A jabuticaba política
Fruto que se supõe só existir no Brasil, o MDB é uma espécie de jabuticaba. É no mundo único partido grande que governa em todas as.....


Vale a qualidade
Muito natural a programação de fala do consagrado pesquisador estadunidense Thomas Lovejoy abrindo a oficina “As dimensões.....


Sinalização de trânsito será implantada em cacoal
PAVIMENTAÇÃO O prefeito de Ouro Preto, Vagno Panisoly, disse esta semana estar bastante ansioso para o início das obras de.....


O que veio primeiro: a prisão ou a justiça?
Uma política de segurança O que veio primeiro: a prisão ou a justiça? Antes de um Poder Judiciário, ainda no século XVI, o Brasil.....

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News