Rondônia, - 07:15

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Mulher escalou a base da Estátua da Liberdade em Nova Iorque
Publicado Quinta-Feira, 5 de Julho de 2018, às 09:56 | Fonte Expresso 0

  
 
 

Divulgação - Internet

 

A Liberty Island, em Nova Iorque, foi evacuada nesta quarta-feira depois de uma mulher ter escalado a base da Estátua da Liberdade e se ter instalado a 30 metros de altura, enquanto os agentes da polícia presentes no local tentavam persuadi-la a descer.

A escalada começou após pelo menos sete pessoas terem sido detidas na sequência de um protesto contra a lesgislação sobre imigração e que as levou a colocarem um cartaz no pedestal da icónica estátua que domina o porto da cidade. De acordo com as leis federais, é proibido pendurar cartazes no monumento, o que justificou as detenções.

O grupo que organizou o protesto, o Rise and Resist, afirmou, entretanto, não ter ligações à pessoa que decidiu escalar a base do monumento, Hoje comemora-se o 4 de julho, Dia da Independência nos Estados Unidos.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Santa Casa da Misericórdia de Lisboa dá meio milhão de euros a Moçambique
A instituição diz estar a trabalhar com a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e com a Embaixada em Maputo para encontrar a melhor forma de efetivar essa ajuda financeira...


Tribunal das Filipinas ordena divulgação de registos sobre mortes da 'guerra' antidrogas de Duterte
O tribunal ainda tem que decidir sobre uma petição separada para declarar inconstitucional a campanha antidrogas do Presidente Rodrigo Duterte...


UE isenta britânicos de visto em estadias de até 90 dias
O texto, que será votado na quinta-feira pela assembleia europeia na mini-sessão plenária a decorrer em Bruxelas, tem ainda de ser formalmente adotado pelo PE e pelo Conselho...


Dois soldados norte-americanos mortos no Afeganistão
NATO não identifica os militares, dizendo apenas que foram mortos “durante uma operação”, sem especificar o local ou as circunstâncias...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News