Rondônia, - 01:39

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Piscina olímpica
No aniversário da Vila, Sejel anuncia chegada da piscina olímpica herdada dos Jogos do Rio 2016
Na tarde desta segunda-feira (26/03), dia em que a Vila Olímpica de Manaus completou 28 anos, a secretária de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Janaina Chagas, anunciou, em coletiva de imprensa, a chegada da piscina herdada dos Jogos do Rio 2016, assim como o legado olímpico do tênis de mesa e da luta olímpica, também doados ao Amazonas.
Publicado Terça-Feira, 27 de Março de 2018, às 05:36 | Fonte Governo do Amazonas 0

 
 

FOTO: ALESSANDRA REIS

 

Na tarde desta segunda-feira (26/03), dia em que a Vila Olímpica de Manaus completou 28 anos, a secretária de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Janaina Chagas, anunciou, em coletiva de imprensa, a chegada da piscina herdada dos Jogos do Rio 2016, assim como o legado olímpico do tênis de mesa e da luta olímpica, também doados ao Amazonas. Na ocasião, a titular da Sejel anunciou que todo o material referente à piscina será guardado em um armazém localizado na zona sul da cidade sob total segurança.

 

A piscina, da marca italiana Myrtha Pools, responsável também pela montagem da estrutura na capital amazonense, é reconhecida como uma das melhores do mercado e mede 25,00m x 50,00m, com dois metros de profundidade e tem 15 anos de garantia. Com tecnologia altamente moderna, é toda de aço inox, pré-moldada, com paredes, revestimento do pavimento e calhas de transbordamento separadamente ou em combinação.

 

A previsão é que os serviços de montagem da piscina na Vila Olímpica de Manaus comecem na primeira semana de maio. “Em negociação com o Ministério do Esporte e a Myrtha Pools, o prazo para o início da instalação da piscina olímpica é o dia 15 de maio. A partir daí, eles solicitam um período de 60 a 90 dias para que seja feita a finalização da instalação completa da piscina. Esse é o período para termos a piscina olímpica em Manaus. Além disso, recebemos outros equipamentos olímpicos que irão ser direcionados à luta olímpica e ao tênis de mesa, e que também irão contribuir efetivamente para o desenvolvimento desses esportes no Estado”, comentou Janaina Chagas.

 

Ação conjunta - A piscina foi doada ao Amazonas logo após o encerramento das Olimpíadas de 2016, mas alguns prazos não foram cumpridos e por isso o Estado por muito pouco não perdeu o legado olímpico. No início de outubro, a Sejel, em uma ação conjunta com a Caixa Econômica, a Seinfra e o Ministério do Esporte, conseguiu-se a legalização do processo e a definição de um novo cronograma de obras, o que garantiu a permanência da piscina no Estado. No final de janeiro, a secretária Janaina Chagas assinou o termo que oficializou a doação do legado ao Amazonas.

 

O secretário executivo adjunto de desporto da Sejel, Aly Almeida, relembrou fatos que marcaram o esporte amazonense e comentou sobre a vinda da piscina olímpica para o Estado. “Há 28 anos, o governador, Amazonino Mendes inaugurou a Vila Olímpica e isso foi, para o esporte, o maior avanço porque ele cresceu assustadoramente, uma vez que as federações não tinham um local fixo para treinarem e passaram a ter. Coincidentemente hoje, após quase três décadas, o governador voltou ao cargo e está podendo proporcionar ao povo amazonense mais este avanço no esporte que é a vinda da piscina olímpica para Manaus, por meio da articulação da Sejel, na pessoa da Secretária da pasta, Janaina Chagas, e a equipe formada para proporcionar esse progresso ao atleta e ao esporte como um todo”, disse Almeida.

 

Treinamento em piscina moderna - O presidente da Federação Amazonense de Desportos Aquáticos (Fada), Victor Hugo, o Botinho, falou sobre a piscina olímpica e no que isso influencia para os atletas da modalidade. “Com a vinda da piscina olímpica da Rio 2016, poderemos promover os esportes aquáticos e dispor de um treinamento em uma piscina moderna, que, devido às suas tecnologias de ponta, oferece vantagens que poderão auxiliar os atletas, não esquecendo, é claro, que os recordes e o bom desempenho nas modalidades aquáticas só serão possíveis com treinos e dedicação ao esporte”, afirmou.

 

No início do mês, o engenheiro Marcelo Santos, representante da empresa Myrtha Pools, acompanhado pela engenheira da Sejel, Yolanda Mendes, realizou uma vistoria técnica na obra da piscina. “A construção está toda correta, o concreto está muito bem feito, bem liso. Se tivéssemos os materiais aqui, já poderíamos começar a montar a piscina. Os trabalhos estão dentro daquilo que foi combinado e a expectativa está no que a Myrtha esperava chegar em Manaus e ver”, completou o engenheiro.

 









Veja também em Notícias da Região Norte


Saúde na Escola estima realizar 37.500 atendimentos em 2018
O Programa Saúde na Escola – PSE, projeto da Secretaria Estadual de Educação, estima realizar 37.500 atendimentos da rede estadual de ensino, durante o ano letivo de 2018, com serviços médicos, odontológicos, fonoaudiológicos, de enfermagem e servi...


Tacacá na Bossa Especial Carnaboi reunirá todos os levantadores de toadas
...


Com quatro casos já confirmados em Manaus, FVS instala Sala de Resposta Rápida para Surto de Sarampo no Estado
A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), órgão da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), instalou, na manhã deste sábado (24/03), a Sala Estadual de Resposta Rápida para Surto de Sarampo....


Governo moderniza Defensoria Pública do Acre
...

 


ads2507



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News