Rondônia, - 16:39

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Geral
Ex-deputada federal do Acre é homenageada pelo Senado com o prêmio Bertha Lutz
No ano em que a Constituição Federal do Brasil completa três décadas, o Senado Federal entregou na manhã desta quarta-feira, 7, o Diploma Bertha Lutz em reconhecimento ao legado das 26 ex-deputadas federais que participaram da elaboração da Constituição brasileira em vigor que, em 2018, completa 30 anos.
Publicado Quinta-Feira, 8 de Março de 2018, às 12:06 | Fonte Governo do Acre 0

 
 

Diploma Bertha Lutz reconhece o legado das 26 ex-deputadas federais que participaram da elaboração da Constituição brasileira (Foto: Arquivo Câmara dos Deputados)

 

No ano em que a Constituição Federal do Brasil completa três décadas, o Senado Federal entregou na manhã desta quarta-feira, 7, o Diploma Bertha Lutz em reconhecimento ao legado das 26 ex-deputadas federais que participaram da elaboração da Constituição brasileira em vigor que, em 2018, completa 30 anos. A premiação integra o calendário de atividades comemorativas do Março Mulher.

O Acre foi representado pela ex-deputada, Maria Lúcia Mello de Araújo, mãe da vice-governadora, Nazareth Araújo, que integrou na época a Assembleia Constituinte.

Maria Lúcia de Araújo foi eleita em 1986 deputada federal constituinte participando ativamente das discussões sobre direitos fundamentais sociais, à família e na luta constante em defesa da educação e do ensino público. Angariou junto ao Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), em face de tais posicionamentos, a segunda nota da Bancada do Acre, no cumprimento dos compromissos com os trabalhadores.

Conhecido como Constituição Cidadã, o atual texto constitucional é considerado pelos estudiosos como um dos mais avançados do mundo no que diz respeito aos direitos e garantias individuais. A atuação das 26 constituintes, apelidada pela imprensa e pelos políticos da época como o “Lobby do Batom”, foi fundamental para que esse resultado fosse alcançado.

A ex-deputada relatou sua felicidade de ter sido lembrada pelo trabalho que desempenhou na época. “Pra mim foi uma alegria receber o prêmio Bertha Lutz, principalmente nesse dia em que a Constituição completa 30 anos. Este foi um momento de muita felicidade por relembrar com as ex-deputadas as  conquistas que conseguimos como a licença maternidade e paternidade que, pra mim, foi uma das coisas mais importantes para a vida da mulher”, disse.

E complementou: “O meu desejo é que as mulheres atuais continuem o nosso trabalho na busca por seus direitos; que trabalhem para chegarmos à plenitude dos direitos da mulher e do homem. Temos que ter como lema de vida a luta pelas causas sociais que beneficiem a todos”, frisou.

Orgulho

 

 

 

 

Marlúcia Cândida, o senador Jorge Viana e Nazareth Araújo prestigiaram homenagem feita a Maria Lúcia (Foto: Thamara Amorelli)

 

 

 

A vice-governadora, Nazareth Araújo, falou da alegria por estar, juntamente com sua mãe Maria Lúcia, no plenário do Senado Federal recebendo o diploma Bertha Lutz.

“Estou muito orgulhosa por essas ex-deputadas constituintes terem feito, naquele momento, a representação da mulher brasileira e conseguirem garantias de direitos. Isso mostra que, através da articulação e união suprapartidária, elas conseguiram um marco histórico como a igualdade de gênero, o salário família e questões previdenciárias”, revelou Nazareth.

Um pouco sobre Maria Lúcia

Maria Lúcia Mello de Araújo nasceu em João Pessoa/PB, cursou contabilidade no Instituto Guanabara no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, formando-se em 1954. Com a ascensão de seu marido, José Augusto de Araújo, ao governo do recém-criado estado do Acre em março de 1963, Maria Lúcia tornou-se presidente da Legião Brasileira de Assistência (LBA) no estado.

Nas eleições de novembro de 1986 foi eleita deputada federal constituinte pelo Acre. Assumindo sua cadeira na Câmara dos Deputados em 1º de fevereiro do ano seguinte, data na qual foi instalada a Assembleia Nacional Constituinte que passou a integrar, como titular, a Subcomissão da Família, do Menor e do Idoso, da Comissão da Família, Educação, Cultura e Esportes, da Ciência e Tecnologia e da Comunicação, e como suplente, a Comissão da Soberania e dos Direitos e Garantias do Homem e da Mulher.

 









Veja também em Notícias da Região Norte


Tradicional bailinho de carnaval da Estação promete muita diversão
...


Detran notifica proprietários de veículos de quatro cidades acreanas
...


Governo fortalece segurança pública com entrega de novo quartel em Assis Brasil
Como parte da política de reestruturação dos batalhões da capital e do interior, o governo do Estado, por meio da Polícia Militar do Acre (PMAC), entregou na tarde desta sexta-feira, 23, a nova sede da corporação em Assis Brasil....


Socioeducandos confeccionam próprios ovos de páscoa
Em parceria com a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), adolescentes que cumprem medidas socioeducativa no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) e no Centro de Internação Provisória (Ceip), em Palmas, estão participando da ofi...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News