Rondônia, - 04:08

 

Você está no caderno - Ariquemes Online
emancipação
No aniversário de 36 anos de Ariquemes, pioneiros relatam história
''Quando a luz chegou aqui, era no motor'', relata Danilo Moreira da Costa. De acordo com prefeito do município, economia local é crescente.
Publicado Sábado, 12 de Outubro de 2013, às 09:54 | Fonte Eliete Marques Do G1 RO 0

 
 

falam dos avanços, mas também ressaltam problemas do município, como falta de saneamento básico, obras paradas e segurança pública. Já o prefeito da cidade, Lorival Amorim, enfatiza que os problemas estão sendo resolvidos e destaca o crescimento da economia do município, principalmente, em virtude da pecuária e prestação de serviços.

“Quando cheguei aqui não tinha água encanada, luz, nem asfalto. Muitas coisas melhoraram, mas ainda tem muita coisa a ser feita”, avalia o aposentado Manoel Borges dos Santos, de 73 anos, que mora no município há 38 anos, e acompanhou as mudanças da cidade. O pioneiro, que nasceu na Bahia, veio para a região em busca de uma vida melhor.

Quando seu Manoel chegou a Vila dos Papagaios, local onde nasceu Ariquemes - atualmente Bairro Marechal Rondon – começou a trabalhar com derrubadas, que davam espaço às plantações de café e cacau. Pai de 10 filhos, Manoel mora em frente a um dos postes instalados por Marechal Rondon, na implantação da estação telegráfica em 1914.

Avenida Tancredo Neves, em 1988 (Foto: Reprodução)Avenida Tancredo Neves, em 1988 (Foto: Reprodução)

No entanto, apesar do orgulho de fazer parte da história do município, Manoel destaca que a cidade ainda tem muitos problemas, como a falta de remédios e médicos especialistas na saúde pública. “Gosto muito desta cidade, mas os governantes tem que resolver os problemas para melhorar a vida do povo. Tem roubo todo dia na cidade. Além disso, creio que os professores não recebem o justo pelo trabalho”, expõe.

Outro pioneiro do município é Danilo Moreira da Costa, de 58 anos, que mora em Ariquemes há 37 anos. Ele conta que veio do Acre e trabalhou durante anos nos garimpos da região. Casado e pai de quatro filhos, Danilo avalia que muitas mudanças ajudaram a população, mas também reitera que o município precisa de melhorias.  “Quando a luz chegou aqui, era no motor, tocada a lenha. Agora a cidade cresceu, o comércio aumentou. Mas, ainda vejo muitas ruas em situações precárias e não temos saneamento básico. O mirante está abandonado e virou lugar para usuários de drogas; sem contar as obras paradas”, complementa.

Economia
De acordo com prefeito do município, Lourival Amorim, economia local é crescente e diversificada. “Temos o segundo maior rebanho do estado, com mais de dois milhões de cabeças de gado”, afirma. Segundo ele, a bacia leiteira da cidade também é crescente e destaca o setor de prestação de serviços, que representa quase 60% da economia de Ariquemes.

Educação
De acordo com a prefeitura, pelo menos 18 mil alunos são atendidos pelo município, em 27 escolas. A cidade conta ainda com um campus a Universidade federal de Rondônia (Unir) e outras cinco faculdades particulares.

População cobra conclusão de obras paradas em Ariquemes, RO (Foto: Eliete Marques/ G1)População cobra conclusão de obras paradas em
Ariquemes, RO (Foto: Eliete Marques/ G1)

Obras paradas
As obras do teatro e das marginais da BR-364 devem ser concluídas em 2014. O projeto do teatro já foi readequado e a prefeitura pretende assinar convênio com o governo do estado para angariar recursos, conforme Amorim. No que tange as marginais, o projeto passa por readequação atualmente.

Saúde
Quanto ao problema da saúde, Amorim alega que o município atende pacientes de toda a região e que a demanda é maior que os recursos.

Sobre a falta de remédios, segundo a prefeitura o problema acontece de forma eventual e temporária, quando a empresa ganhadora do pregão eletrônico atrasa a entrega. Quanto aos médicos especialistas, o prefeito alega ser um problema nacional, visto que os profissionais preferem os salários da rede particular. No entanto, afirma que a população não está desassistida e que rede pública em Ariquemes ainda dispõe de especialistas.

Saneamento básico
Segundo Amorim, o município possui projeto, mas diz que a situação do saneamento básico depende de uma decisão da justiça. “O município possuía uma concessão de água e esgoto com a Caerd [Companhia de Águas  eEsgotos de Rondônia] e a gestão anterior quis assumir o serviço, mas a companhia não quis devolver”, explica o prefeito. Segundo ele, o município é um dos únicos do estado a ter um aterro sanitário em funcionamento.

Asfalto
A cidade tem 450 quilômetros de ruas e 90% delas asfaltadas, segundo o prefeito. “Em 2013 vamos firmar parceria com o governo e nos próximos três anos queremos ter 100% da cidade asfaltada”, enfatiza.

Segurança pública
“Apesar da presença das polícias e até mesmo da Força Nacional, aqui ainda é considerado umas das cidades-região mais violentas do estado. Isso se deve as minerações e aos conflitos agrários”, explica. Para resolver esta situação, Amorim diz que o governo está fazendo a regularização fundiária e que o município trabalha para atrair empresas e gerar empregos. Além disso, afirma que a prefeitura investe na educação e qualificação da mão de obras.

Mirante do Jamari

“Estamos preparando um edital de chamamento público, para fazer ali uma lanchonete e um restaurante com comidas típicas. O edital deve acontecer ainda este ano”, promete. 







Veja também em Ariquemes Online


CAAPE lança campanha de doação de presentes para crianças carentes
O CAAPE levou para as escolas, que estão localizadas próximas a sede do projeto (bairro Monte Cristo e bairro Marechal Rondon......


Em Ariquemes: PRF prende foragido por estupro de vulnerável
O veículo, que era ocupado pelo indivíduo, foi abordado no quilômetro 519 da BR-364, em Ariquemes (RO)...


Leilão Direito de Viver será neste domingo
A maior mobilização de arrecadação de donativos do Brasil para um hospital de tratamento contra o câncer é realizada em Ariquemes. E, para manter esse recorde......


IFRO: Prorrogada as inscrições para Curso Técnico em Aquicultura em Ariquemes
As inscrições, bem como a realização do Curso Técnico Subsequente ao Ensino Médio, são públicas e gratuitas....

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News