Rondônia, - 10:37

 

Você está no caderno - Artigos
Artigo
Lenha na Fogueira e o AMAZÔNIA ENCENA NA RUA
A XII Edição do Festival Amazônia Encena na Rua será realizada no período de 22 a 28 de março de 2021, de forma virtual.
Publicado Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2021, às 10:48 | Fonte Sílvio Santos - Zé Katraca 0

 
 

Divulgação

A XII Edição do Festival Amazônia Encena na Rua será realizada no período de 22 a 28 de março de 2021, de forma virtual.

**********

AMAZÔNIA ENCENA NA RUA é uma grande festa das Artes Cênicas de Rua e se constitui como uma importante política pública para o fomento da produção e para a formação de plateia no Estado de Rondônia.

***********

Nas edições anteriores do Encena na Rua, a cidade de Porto Velho parou para ver o teatro de rua e mais de meio milhão de pessoas assistiram as apresentações do Festival no decorrer das onze edições. 

**********

O FESTIVAL AMAZÔNIA ENCENA NA RUA possibilita o desenvolvimento da atividade artística, o acesso das pessoas de todas as camadas sociais às artes, além, é claro, da troca e do intercâmbio das linguagens, das estéticas e dos grupos e companhias da Amazônia.

**********

Nessa edição, que será virtual devido a pandemia do COVID 19, o alcance do festival se expandirá pelo Brasil e pelo mundo difundindo as artes cênicas de rua.

***********

INSCRIÇÕES - A XII Edição do Festival Amazônia Encena na Rua será realizada no período de 22 a 28 de março de 2021, com inscrições prorrogadas até o dia 28 de fevereiro de 2021.

**********

Poderão inscrever-se espetáculos de rua, de grupos de teatro, dança e circo dos estados que compõe tanto a Amazônia Legal, quanto outras regiões do Brasil. É necessário o preenchimento formulário de inscrição online: http://bit.ly/3oG3vLg.

***********

Deverão constar ficha técnica, contatos e responsável pela inscrição, links: fotos, portfólio e vídeo do espetáculo. Mais informações: e-mail: [email protected]

***********

O festival acontecerá de 22 a 28 de março, com exibição de espetáculos, seguidos de debate com integrantes do elenco e a plateia virtual com interação por meio dos comentários nos perfis de transmissão do evento no Facebook e YouTube.

**********

Cada sessão terá duração de duas horas, tendo mediação de um apresentador. Durante todas as apresentações do festival haverá tradução em Libras. Antes de cada sessão e no texto de descrição da transmissão dos espetáculos será informada a classificação indicativa. Toda programação será gratuita.

***********

A XII edição do AMAZÔNIA ENCENA NA RUA foi contemplado no edital nº 80/2020/SEJUCEL-CODEC – 1ª Edição Pacaás Novos do Edital de Chamamento Público para Difusão de Festivais, Mostras e Feiras Artísticas e Culturais – Lei Federal 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc) – Eixo I: Festivais  – Item VI: Linha de Apoio Audiovisual.

***********

Deixo eu esclarecer sobre a minha live com a ”História do Carnaval em Porto Velho”!

***********

Muitos colegas carnavalescos, postaram nos grupos de WhatsApp que também participo, nomes de entidades carnavalescas que realmente não citei na live.

**********

Infelizmente, o Edital limita o tempo que podemos utilizar na produção da live. Com isso ficou impossível, falar sobre todas as entidades carnavalescas existentes ou que existiram em Porto Velho, assim como citar feitos dos nossos carnavalescos.

**********

Por exemplo, a história do meu amigo e parceiro BAINHA para ser contada, é preciso de muito espaço, pois é muita rica em detalhes. BAINHA é o nosso Mestre e em Porto Velho e creio que em nenhuma parte do Brasil, um carnavalesco participou da criação de tantas entidades carnavalescas como ele.

**********

BAINHA cabe num livro com muitas páginas e ilustrações.

*********

Peço desculpas aos colegas cujas entidades carnavalescas não foram citadas. Não foram citadas, mas, fazem parte da HISTÓRIA carnavalesca da nossa cidade.

**********

Obrigado pela compreensão.

*********

NOTA DE PESAR - Faleceu na madrugada dessa terça-feira (16/02), vítima de infarto fulminante, o amigo de longas datas, Miguel Moreira do Amaral Neto, cirurgião geral e gastroenterologista.

***********

Miguelzinho estava com 63 anos e era uma pessoa muito querida, tanto na área da saúde como nos meios culturais. Era um dos integrantes do grupo musical Los Dinos, onde cantava e tocava violão.

**********

Deixa viúva a esposa e também médica, Dra. Nakushe Mendes, e os filhos Marcel e Victor. (Fonte Anizinho Gorayebe)

**********

Miguel, é irmão do nosso querido amigo Antônio Serpa do Amaral – BASINHO. À família, enviamos nossas condolências. 







Veja também em Artigos


PEC da prisão em segunda instância continua engavetada no Congresso + Vacina zero. Há uma pequena chance, mas só depois do dia 15
Embora as redes sociais estejam recheadas de Fake News sobre a questão da prisão em segunda instância......


Os novos inquisidores também não gostam do padrão dos descobrimentos
Extremismo Intolerância e Preconceito como Expressão de alguns Dançarinos do Poder, na onda dos violadores da cultura e da história até já um avançado do PS defende a demolição do Padrão dos descobrimentos......


A hora, governador, é de atitude
O coronel Marcos Rocha, governador de Rondônia, gravou e publicou neste sábado, 27, um vídeo para chamar a atenção do povo rondoniense à gravíssima situação da saúde pública e privada do estado, sem condições de receber nenhum novo paciente com Cov...


A Terceira Margem – Parte CLXIII - Foz do Breu, AC/ Manaus, AM ‒ Parte XXXIX Kampũ – a Vacina do Sapo II
A Terceira Margem – Parte CLXIII - Foz do Breu, AC/ Manaus, AM ‒ Parte XXXIX Kampũ – a Vacina do Sapo II......

 




 
Pub
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News