Rondônia, - 08:51

 

Você está no caderno - Porto Velho
Política
Deputada Mariana Carvalho destaca expectativa na análise das vacinas pela Anvisa
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se reúne no domingo...
Publicado Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2021, às 14:17 | Fonte Assessoria 0

 
 

Gente de Opinião

“Não podemos estar de lado a ou b. O que queremos são vacinas seguras, eficazes e de qualidade comprovada”, afirma a Deputada.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se reúne no domingo (17) para definir sobre a autorização emergencial para as vacinas do Butantan e da Fiocruz contra a Covid-19.  

A vacina do Instituto Butantan é desenvolvida em parceria com a farmacêutica Sinovac. Já o imunizante da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) tem parceria do consórcio AstraZeneca/Oxford. Ambas entraram com requerimentos de autorização em caráter emergencial para suas respectivas vacinas. 

“O momento é de grande expectativa. No âmbito estadual e dos Municípios, os planos de vacinação já estão sendo finalizados. Imediatamente após a liberação pela Anvisa e a largada sendo dada pelo Ministério da Saúde, a vacina deverá chegar a cada canto do nosso Estado de Rondônia”, afirma a Deputada Federal Mariana Carvalho.  

Mariana tem se destacado em Rondônia por sua atuação durante a pandemia da Covid-19. Além de ser integrante da Comissão da Câmara dos Deputados que atua desde fevereiro de 2020 no enfrentamento à pandemia, a deputada foi a relatora da Medida Provisória que garantiu R$ 2 bilhões para a produção da vacina da Fiocruz. A parlamentar também participou das tratativas entre a Prefeitura de Porto Velho e o Butantan para aquisição de doses da vacina para imunizar grupos prioritários.  

“O Brasil é referência em imunização há muitas décadas. Agora com a Covid-19, houve muita especulação em relação às vacinas. A verdade é que não podemos estar de lado a ou b. O que queremos são vacinas seguras, eficazes e de qualidade comprovada. Temos institutos sérios e que nos fornecem vacinas de eficácia atestada há muito tempo. Quanto mais vacinas tivermos, mais rápido vamos superar esse grave capítulo da nossa história que é a pandemia da Covid-19”, destaca a Deputada.  

Para que a análise seja finalizada, as duas instituições solicitantes precisam enviar o conjunto da documentação à agência reguladora. Caso haja atraso no encaminhamento ou complementação, a tomada de decisão pode ser adiada. 

Conforme a última atualização, do início da noite desta terça-feira (12), 33,7% da documentação entregue pelo Butantan estava pendente de complementação 

Já no caso da vacina da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, 14,4% do material repassado à Anvisa precisa ser complementado 







Veja também em Porto Velho


Governo prorroga prazo para credenciamento de restaurantes de Porto Velho para o programa Prato Fácil
O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social......


Manaus: familiares buscam cilindros de oxigênio para salvar pacientes
A crise na saúde do estado do Amazonas levou os familiares de pacientes infectados por covid-19......


Sancionada lei do deputado Alex Silva que inclui o evento “Marcha para Jesus” no calendário cultural oficial do estado de Rondônia
Celebração poderá ocorrer anualmente no feriado nacional de Corpus Christi ...


Deputado Anderson indica inclusão de doadores de sangue e de medula entre prioritários para vacinação contra COVID-19
Objetivo é incentivar o aumento de doadores para manter o estoque dos Fhemerons ...

 




 
Pub
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News