Rondônia, - 04:18

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
ATR busca parcerias para coibir transporte irregular na região do Bico do Papagaio
Conflitos entre taxistas e permissionários do transporte intermunicipal de passageiros estão entre as principais reclamações e denúncias recebidas pela Agência Tocantinense de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (ATR) na região do Bico do Papagaio. Para solucionar o problema, uma equipe da agência está no local buscando conhecer a realidade e fortalecer a fiscalização na região...
Publicado Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, às 16:17 | Fonte Assessoria de Comunicação 0

 
 

Conflitos entre taxistas e permissionários do transporte intermunicipal de passageiros estão entre as principais reclamações e denúncias recebidas pela Agência Tocantinense de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (ATR) na região do Bico do Papagaio. Para solucionar o problema, uma equipe da agência está no local buscando conhecer a realidade e fortalecer a fiscalização na região.

De acordo com o gerente de fiscalização da ATR, coronel Coelho, os taxistas têm reclamado de que as vans estão levando passageiros na residência, o que não é permitido. “Segundo a Resolução da ATR n° 5, de 12 de maio de 2016, as vans e os ônibus só podem buscar e deixar passageiros em terminais rodoviários e pontos de parada”, esclareceu.

Nessa terça-feira, 15, uma equipe da ATR esteve reunida com o comandante do 9° Batalhão da Polícia Militar de Araguatins (9º BPM), tenente-coronel Reis; e o promotor de Justiça, Décio Gueirado Jr, tratando de ações conjuntas focadas no combate ao transporte irregular e na solução desses conflitos.

“Nosso objetivo é fortalecer o trabalho de fiscalização de transportes com a finalidade de melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados aos usuários”, destacou o gerente de fiscalização da ATR. “Para isso, estamos estabelecendo parcerias com outros órgãos que possam somar neste sentido. É o caso da PM, do Detran [Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins], da ANTT [Agência Nacional de Transportes Terrestres, da Sefaz [Secretaria de Estado da Fazenda e Planejamento], entre outros”, completou o coronel Coelho.

O inspetor de serviços fiscais da ATR, Daniel Brito, que também participou da reunião, frisou que o apoio dos órgãos locais é essencial para dirimir estes tipos de conflito, pelo conhecimento aprofundado da realidade local. Para ele, também é importante esclarecer, aos usuários, que medidas como esta garantem a segurança de quem utiliza o transporte intermunicipal.

Edição: Lenna Borges

Revisão Textual: Marynne Juliate







Veja também em POLÍTICA


Comentários ofensivos nas redes sociais podem cara
Quem pensa que comentários ofensivos no espaço digital ficam sempre impunes está enganado......


Secel reabre inscrições para produção do 26º Salão Jovem Arte
A seleção pública visa contratar uma Organização da Sociedade Civil (OSC) para gestão e produção do evento cultural......


Projeto prevê sessões de cinema especiais para autistas
A psicopedagoga especializada em autismo, Cleide Teles,  é mãe de Derek Silva, 15 anos......


Adapec apreende ovos férteis enviados de forma ilegal via Correios
Após receber denúncias dos Correios, a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) apreendeu na manhã desta sexta-feira,18......

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News