Rondônia, - 03:52

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Arranjos produtivos locais trarão mais competitividade para empresas de Mato Grosso
Resolução aprovada no Condeprodemat organiza os APLs com credenciamento e cadastramento...
Publicado Terça-Feira, 15 de Setembro de 2020, às 16:29 | Fonte Assessoria de Comunicação 0

 
 

Sedec MT

Reunião com Sindicato das Indústrias do Vestuário de MT trata da formação de APL do setor

O Conselho Deliberativo dos Programas de Desenvolvimento de Mato Grosso (Condeprodemat) publicou a Resolução 055/2020 que trata do credenciamento, da organização e do cadastramento dos Arranjos Produtivos Locais (APLs) do Estado e também a aplicação dos benefícios fiscais.

Desta forma, as empresas de mesmo segmento que quiserem se reunir em um APL para vantagens comerciais competitivas terão que seguir procedimentos junto à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec MT) e ao Núcleo Estadual de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais (NEA-APL-MT).

“Com a constituição dos APLs damos a oportunidade das empresas mato-grossenses se unirem e fortalecerem regionalmente. É objetivo do Governo do Estado descentralizar a economia, levando desenvolvimento para todos os cantos de Mato Grosso”, diz César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso.

O Sindicato das Indústrias de Vestuário, Têxteis, de Fiação e Tecelagem de Mato Grosso (Sinvest-MT) é um interessado na criação do APL para a indústria de confecção e aproveitar as vantagens que o arranjo disponibilizará para as cerca de 50 empresas associadas ao sindicato.

“A organização em APL, além de benefícios fiscais, trará desenvolvimento para a indústria de confecção de maneira geral, como treinamento de pessoal, participação em feiras e eventos, estruturação de novas tecnologias para o setor. A indústria de confecção é importante para o Estado, gera emprego e renda para muitas famílias”, afirma Claudio Henrique Maluf Vilela, presidente do Sinvest-MT.

Para Celso Banazeski, secretário adjunto de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor da Sedec-MT, a organização das empresas em APLs é um passo importante para acessar as vantagens que esta resolução proporciona. “Desde o início do ano a com a Lei Complementar 631 revogou incentivos das empresas optantes pelo Simples Nacional. Agora, elas retornam com mais condições de competitividade e crescimento”, diz.

A empresa cuja atividade esteja enquadrada em APL interessada na adesão aos benefícios fiscais deverá requerer cadastramento junto à Sedec MT. A fruição do benefício somente terá início no primeiro dia do segundo mês subsequente ao do credenciamento no Sistema de Registro e Controle da Renúncia (RCR).







Veja também em POLÍTICA


Comentários ofensivos nas redes sociais podem cara
Quem pensa que comentários ofensivos no espaço digital ficam sempre impunes está enganado......


Secel reabre inscrições para produção do 26º Salão Jovem Arte
A seleção pública visa contratar uma Organização da Sociedade Civil (OSC) para gestão e produção do evento cultural......


Projeto prevê sessões de cinema especiais para autistas
A psicopedagoga especializada em autismo, Cleide Teles,  é mãe de Derek Silva, 15 anos......


Adapec apreende ovos férteis enviados de forma ilegal via Correios
Após receber denúncias dos Correios, a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) apreendeu na manhã desta sexta-feira,18......

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News