Rondônia, - 01:34

 

Você está no caderno - Coronavírus
Coronavírus
Gravidez pode agravar Covid-19, sugere estudo
Pesquisa analisou dados de mais de 90 mil mulheres nos Estados Unidos e percebeu que as grávidas tiveram mais propensão a serem internadas em UTI e a precisarem de respiradores mecânicos
Publicado Domingo, 28 de Junho de 2020, às 09:58 | Fonte Galileu 0

 
 

(Foto: freestocks.org / Pexels)

Estudo do Centro para Controle e Prevenção de Doenças indica que, dentre as pacientes com Covid-19, aquelas que estavam grávidas tiveram mais necessidade de internação em UTI e de ventiladores mecânicos

 

 

De acordo com um estudo do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos, mulheres grávidas podem desenvolver quadros mais graves da Covid-19 do que aquelas que não estão esperando um bebê. A pesquisa levantou essa hipótese após analisar dados de mais de 8.200 pacientes grávidas e de 83.200 pacientes não grávidas com idades entre 15 e 44 anos que contraíram a Covid-19 nos Estados Unidos entre janeiro e junho de 2020.

A princípio, a pesquisa descobriu que quase um terço das mulheres grávidas que haviam sido infectadas pelo novo coronavírus acabaram sendo hospitalizadas, enquanto apenas 6% das mulheres não grávidas tiveram que ser internadas. Porém, os cientistas não puderam fazer a distinção entre as mulheres grávidas que foram internadas por questões relacionadas à própria gravidez daquelas que foram internadas especificamente por causa da Covid-19. Ou seja, neste caso, uma internação não necessariamente indica um quadro mais grave de Covid-19.

 

Sars-CoV-2, coronavírus causador da síndrome respiratória aguda Covid-19 (Foto: Wikimedia Commons)

Sars-CoV-2, coronavírus causador da síndrome respiratória aguda Covid-19 (Foto: Wikimedia Commons)

 

No entanto, o estudo do CDC encontrou um dado importante: mulheres grávidas que haviam sido infectadas pelo novo coronavírus tiveram mais propensão a serem internadas em unidades de tratamento intensivo (UTIs) e a precisarem de respiradores mecânicos– o que, segundo os pesquisadores, são dois importantes indicativos de um quadro severo de Covid-19. Eles analisaram que 0,9% das pacientes não grávidas foram admitidas em UTI, enquanto 1,5% das pacientes grávidas precisaram de tratamento intensivo; e 0,3% das mulheres não grávidas precisaram de respiradores mecânicos, enquanto 0,5% das mulheres grávidas precisaram desses aparelhos.

Por outro lado, os cientistas verificaram que o risco de morte por Covid-19 foi o mesmo para ambos os grupos de mulheres analisados: 0,2%.

Apesar do estudo ser um dos maiores já feitos sobre a Covid-19 em relação à gravidez, ele ainda tem algumas limitações. Houve casos tanto de pacientes grávidas quanto de pacientes não grávidas em que os médicos não indicaram se houve necessidade de internação em UTI ou de respiradores mecânicos. Em alguns casos, também não foi indicado se a paciente chegou a falecer.

De qualquer forma, depois da publicação do estudo, o CDC atualizou o seu site para reforçar que mulheres grávidas devem se proteger contra a Covid-19 evitando de sair de casa e aumentando seus cuidados com a higiene. "Em geral, quanto mais pessoas você encontrar, quanto mais próximo você interagir com elas e quanto mais longa for a interação, maior será o seu risco de contrair e espalhar a Covid-19", alertou a organização americana de saúde.







Veja também em Coronavírus


Rondônia não registra mortes por Coronavírus nesta quarta-feira
Os dados são da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau)...


Edição 208 – Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia
O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau)......


Edição 216 – Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia
O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados referentes ao coronavírus...


Edição 211 – Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia
O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados referentes ao coronavírus (Covid-19) no Estado...

 




 
Pub
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News