Rondônia, - 18:38

 

Você está no caderno - Rondônia
Extensão rural em Rondônia
Profissionais de áreas diversas fazem parte do desenvolvimento da extensão rural em Rondônia
Antes de adotar o nome de Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater-RO), o serviço de extensão rural teve os nomes de Associação de Credito e Assistência rural (ACAR-RO) e Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Aster-RO).
Publicado Quarta-Feira, 5 de Dezembro de 2018, às 17:47 | Fonte Secom - Governo de Rondônia 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=357816&codDep=34" data-text="Profissionais de áreas diversas fazem parte do desenvolvimento da extensão rural em Rondônia

  
 
 

Capacitar mulheres e jovens rurais sempre foi prioridade para consolidar o desenvolvimento econômico e social da população rural.

 

Antes de adotar o nome de Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater-RO), o serviço de extensão rural teve os nomes de Associação de Credito e Assistência rural (ACAR-RO) e Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Aster-RO). Os documentos que relatavam os trabalhos daquela época, já se perderam nos arquivos, mas inúmeros relatos dos colegas que trabalharam na ACAR ou Aster mantêm a história viva pela transmissão oral.

Alguns desses pioneiros estão aposentados e outros já deixaram este mundo. Entre eles Paulinho (Paulo Maia), que trabalhou nos escritórios de Porto Velho e Guajará-Mirim, doutor Tabosa (veterinário), seu Mesquita (piloto de barco), e Lucia Matsuno extensionista social, que nos deixou nesta último dia 2. Todos deixaram saudades e muitas histórias vividas por eles no início da extensão rural de Rondônia.

No tempo da ACAR-RO as principais atividades dos extensionistas era a elaboração de planos de crédito rural, fomentar a produção de culturas anuais, nos projetos de colonização do Incra e orientar práticas sustentáveis no extrativismo; extração do látex da seringueira, da sova ou a coleta da ipepacuanha, também chamada de poaia. Para quem não tem idéia do que seja poaia – cabe explicação, trata-se de planta arbustiva do sub-bosque amazônico de grande interesse farmacêutico, especialmente, antes da sinterização dos seus componentes ativos.

O trabalho da extensão rural nos anos 70, era: assistência aos projetos de colonização e práticas extrativistas; elaboração de planos de crédito para agricultura de subsistência, chamadas lavouras brancas. Elaborar e orientar os projetos de investimento para aquisição de motosserras, carrinhos de tração animal, e os primeiros tratores, além do financiamento das primeiras lavouras perenes do estado como café e seringueira.

Os veículos eram jipes tração nas quatro rodas e barcos, um colaborador importante da extensão era o piloto de barco, entre eles o saudoso seu Mesquita.

Final da década houve uma crise de recursos e os extensionistas da Aster foram transferidos para o quadro do governo do território federal de Rondônia, foi extinto o quadro de extensionistas sociais, tendo permanecido apenas algumas colegas no escritório central, em Porto Velho.

 

 

Extensionistas foram fundamentais na implantação dos projetos de desenvolvimento do Estado.

 

 

Nos anos 80 o foco eram os projetos Probor 2 e 3 e projeto Polonoroeste, que fizeram explodir o desenvolvimento na primeira metade da década,  coincidindo com criação do Estado, e o asfaltamento da BR 364.

Nessa época foram implantados os Nucleos Urbanos de Apoio Rural (NUAR), que vieram a tornar-se novos municípios fora do eixo da BR( neste período houve a primeira grande onda de interiorização de extensionistas da Emater-RO . Foi recriado o serviço de extensão social com a chegada das extensionistas contratadas pelo Probor em 83( Irisvone, Antonia, Cida, Bethe e Rita).

No final da década tivemos outra crise na extensão, com a extinção da Embrater, foram cortados 90% dos recursos federais destinados à extensão rural, houve forte mobilização dos extensionistas contra a operação desmonte do Governo Collor, resultando no acolhimento da Emater-RO pelo governo estadual.

Anos 90: nesta década foi o auge do programa Planafloro, que substituiu o Polonoroeste, neste período o estado de Rondônia incumbiu a Emater-RO de implantar um programa de pólos agrícolas, com instalação do pólo de fruticultura na região central do estado, com incentivo a produção de acerola, iniciativa frustrada por falta da agroindústria. Incentivo a piscicultura e outro modelos produtivos.

Na segunda metade da década foram criados novos programas de incentivo a produção destacando-se o fundo de incentivo a produção do leite ( Proleite), houveram muitas capacitações para extensionistas nesse período.

Anos 2000: nesta década a extensão deu uma guinada para a pecuária, com grande crescimento da atividade leiteira e os extensionistas foram convocados a dar suporte ao programa de controle e irradicaçao da brucelose, independentemente da formação profissional. Foi criado e executado o programa de mecanização rural do governo do estado(Promec), orientado pelos extensionistas da Emater-RO, inclusive a escavação de tanques para piscicultura.

Depois de 2010, a ênfase foi dada a agroindústria e a renovação das lavouras cafeeiras com ênfase na multiplicação de lavouras clonais, trabalho que está colocando a cafeicultura rondoniense no circuito dos melhores cafés do país e do mundo.

 

Fonte
Texto: Enoque de Oliveira
Fotos: Irene Mendes
Secom - Governo de Rondônia

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Rondônia


Governador se reúne com prefeitos e garante atenção aos municípios
Governador Marcos Rocha esteve reunido com prefeitos para debater ações...


Destaques da região central de Rondônia
CALAMIDADE O prefeito de Ouro Preto D’Oeste decretou no final da última semana Estado de Emergência. O ato busca meios de aquisição.....


Assembleia inicia credenciamento de imprensa para posse dos deputados estaduais
A solicitação deverá ser encaminha por email até o dia 25 de janeiro...


Governador de RO convida o Acre a participar da Rural Show
Dentre os debates, foram destacadas as ações de fortalecimento ao agronegócio que vem crescendo em Rondônia de forma acelerada na produção de grãos de soja, milho, café, pimenta, arroz, bem como na pecuária de corte e na piscicultura. ...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News