Rondônia, - 17:10

 

Você está no caderno - Artigos
Motoristas cada vez mais imprudentes
Motoristas cada vez mais imprudentes
Surpreende os números da operação Proclamação da República divulgados ontem pela Polícia Rodoviária Federal de Rondônia. Durante 4..
Publicado Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018, às 17:08 | Fonte Marcelo Freire 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=357285&codDep=33" data-text="Motoristas cada vez mais imprudentes

  
 
 

 

Surpreende os números da operação Proclamação da República divulgados ontem pela Polícia Rodoviária Federal de Rondônia. Durante 4 dias, mais de 1,4 mil veículos foram fiscalizados pela equipe da PRF e as infrações cometidas por esses motoristas imprudentes se repetem com maior frequência em todas as operações de feriados prolongados.
O que surpreende é a falta de responsabilidade dos motoristas com a vidas de outras pessoas. Segundo a PRF, 13 condutores foram autuados por transportar crianças fora da cadeirinha, fator que aumenta a gravidade das lesões em caso de acidentes. Não tem como definir irresponsabilidade dos motoristas, inclusive pais de família, de conduzir seus filhos sem o equipamento de segurança.

Outro fator que chama a atenção nos números divulgados é o número de ultrapassagem indevida nas rodovias. Se tornou rotina ao longo da BR-364, principal via que corta o estado de Rondônia, colisão frontal envolvendo carretas de grande porte e veículos pequenos. Mesmo com esse aumento de acidentes, motoristas seguem desrespeitando às leis de trânsito.

Os acidentes da BR-364 continuam sendo responsáveis pela superlotação nas unidades de saúde na capital e interior do Estado. Se houvesse o mínimo de responsabilidade com esses motoristas, estaríamos nesse momento comemorando o resultado da operação Proclamação da República.

Embora exista um esforço concentrado da Polícia Rodoviária Federal em conscientizar cada vez mais o motorista em transitar com mais segurança nas rodovias, eles parecem não se preocupar com as multas que vão receber. Acabam praticando tudo aquilo que não deveria cometer nas estradas e, muitas das vezes, quem acaba arcando com os prejuízos são pessoas que não têm nada a ver com a irresponsabilidade dos motoristas infratores.

E parece nada adiantar elevar o valor das multas aos motoristas infratores e aumentar a punibilidade penal. Os motoristas seguem desrespeitando às leis vigentes e cada vez mais sendo punidos por atos infracionais. E culpa é também do caminhoneiro, que parece não estar nem um pouco preocupado com a lei do descanso. Muitos deles chegam a dirigir mais de 12 horas por dia, colocando em perigo outros motoristas.

De nada adianta os motoristas receberem uma rodovia sinalizada, se a população não cumpre as leis de trânsito. Infelizmente, as estatísticas vão continuar registrando infrações neste final de ano, quando o fluxo de carretas e usuários se intensifica com as vendas de Natal e Ano Novo. Só Deus salva.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Artigos


A hora e a vez da bomba atômica tupiniquim?
No governo que tomará posse no próximo ano, o Ministério de Minas e Energia (MME) terá como ministro um almirante da marinha brasileira, pertencente ao grupo de interesse que vê a energia nuclear sob o aspecto militar. ...


Como explicar o preço da energia num estado dotado de três usinas
Um guerreiro na selva A presença de pelo menos um grande expert em assuntos amazônicos na equipe de transição do presidente eleito,.....


“Chegou a Banda, a Banda a Banda… A Banda do Vai Quem Quer”
Prometo que nesta coluna, não escrevei nada sobre o show “Tributo ao Menestrel” que a Funcultural vai realizar amanhã sábado, em.....


Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal
O Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) é um projeto desenvolvido pela Receita Federal do Brasil (RFB) que, em parceria com instituições de ensino superior......

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News