Rondônia, - 08:38

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Corregedoria da PM apura suposto assédio sexual de policial no metrô de BH
Imagens mostram policial em pé ao lado de uma mulher enquanto mexe no celular e parece se encostar nela deliberadamente em um vagão vazio
Publicado Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, às 16:00 | Fonte Correio Braziliense 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=354062&codDep=30" data-text="Corregedoria da PM apura suposto assédio sexual de policial no metrô de BH

  
 
 

(foto: Reprodução)

Denúncias de assédio como essa são comuns no transporte público

 

A Corregedoria da Polícia Militar (PM) vai apurar a atitude de um policial em um suposto caso de assédio sexual dentro de um vagão do metrô de Belo Horizonte. O militar, que estava fardado, foi gravado por outro usuário do transporte público em um vídeo de celular. 

As imagens mostram o policial em pé ao lado de uma mulher, que está sentada em um dos bancos do metrô. Durante a viagem, o homem mexe no celular e aparentemente se encosta deliberadamente na passageira, em um vagão que estava vazio. 

 

 

 

 

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que “recebeu o vídeo e já está em processo apuratório”. “A Corregedoria da corporação acompanha o caso”, finalizou. 

Denúncias de assédio como essa são comuns no transporte público. Diante deles, em 2016, lei votada na Câmara de Belo Horizonte determinou, a criação de um vagão exclusivo para mulheres. A medida causou polêmica e dividiu a opinião do público feminino.







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em NACIONAL


Gestão Doria quer menos avaliações na rede de ensino
bonificação por resultados na rede escolar, política central dos governos tucanos em SP. ...


Filho de Bolsonaro pede, e Fux suspende investigação
O caso será reanalisado pelo relator, Marco Aurélio Mello, após o fim do recesso do Supremo, que vai até o final deste mês...


Violência e impunidade reina aqui: 63.880 foram assassinados no Brasil em 2017
No capítulo sobre o Brasil, o relatório chama atenção para o aumento da letalidade policial após a intervenção federal no Rio de Janeiro, entre fevereiro e dezembro de 2018....


FENAJ lança, na sexta-feira, seu relatório da violência contra jornalistas
O lançamento será no auditório do Sindicato dos Jornalistas no Município do Rio de Janeiro, às 14 horas....

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News