Rondônia, - 06:06

 

Você está no caderno - Artigos
O Sínodo Panamazônico
O Sínodo Panamazônico
Sem saber ou ter coragem para dizer o que pretendem com a Amazônia, os candidatos forçam as comunidades regionais a esperar do céu..
Publicado Segunda-Feira, 27 de Agosto de 2018, às 05:18 | Fonte Carlos Sperança 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=353025&codDep=33" data-text="O Sínodo Panamazônico

  
 
 

 

Sem saber ou ter coragem para dizer o que pretendem com a Amazônia, os candidatos forçam as comunidades regionais a esperar do céu aquilo que não alcançam na Terra. É natural, assim, o interesse em torno dos preparativos, com mais de um ano de antecedência, para o Sínodo Panamazônico, chamado pelo papa Francisco para outubro de 2019.

A Igreja Católica é claríssima quanto ao que pretende para a Amazônia: uma “viragem descolonial” da região para que sua vasta e em muitos aspectos única biodiversidade sirva ao bem de toda a humanidade.

Não seria preciso que os candidatos compartilhassem a mesma política mas se dispusessem a acolher propostas: o interesse de ouvir o que as comunidades desejam para si e a natureza que as envolve.Evitariam “vomitar” menos sobre si mesmos, já que até agora a eleição mais parece a da escolha de um rei, imperador ou arrogante “salvador da Pátria”.

Para isso não é preciso ter um parente em cada igreja. Basta sinceridade de propósitos, pois, como disse alguém que nunca fez demagogia eleitoreira, o que mais importa não é o que entra pela boca, mas o que dela sai. Um compromisso pela democracia como valor universal, transnacional e nacional será sempre bem vindo, venha ele por meio da política ou da fé.

…………………………………..

Rendendo bem

A parceria do Dnitt com a bancada federal rondoniense tem rendido bons resultados. Por conta disto a ponte na região do Abunã avança, com quase 75 por cento das obras adiantadas, a dragagem do Rio Madeira segue, assim como reparos na BR 364. Agora foram anunciadas mais passarelas elevadas em pontos críticos da capital visando reduzir os acidentes.

A coisa empacou

A prefeitura de Porto Velho pouco vai aproveitar dos projetos técnicos herdados do governo do estado para a construção da nova rodoviária da capital. Isto significa que vai começar tudo de novo, desde a escolha do terreno, aos pedidos de licença ambiental. Vou trocar em miúdos: não é coisa para ser concluída na atual administração. Aí vai tempo, uns três anos.

Motivo de piadas

Pesquisas eleitorais têm sido motivos de piadas em Rondônia há muito tempo, tal a disparidade de resultados. Se forem comparadas as sondagens eleitorais até agora, teremos resultados dispares e para todos os gostos, justamente num estado onde ocorrem os chamados efeitos manadas nos últimos dias de campanha virando tudo de cabeça para baixo.

Cartão postal

Mendigos e “noiados” perambulando, drogas, sujeira, prostituição e criminalidade. Este é o triste cenário da região portuária do Cai N’Água em Porto Velho, um cartão postal as avessas da cidade, vivinho do Complexo da Estrada Madeira Mamoré, maior ponto turístico da cidade. Passam-se os anos e por ali quase nada muda. Só a cracolândia prospera.

Façam as apostas

O chamado “Grupo da Morte”, formado pelos candidatos a Assembléia Legislativa pelo MDB, pode acabar com resultados imprevisíveis, já que além de seis deputados estaduais, ainda conta com as candidaturas de Willians Pimentel, Joelna Houder, Zequinha Araujo entre outros. E na minha bolsa de apostas voduzante três estaduais dançam neste confronto.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Artigos


Os rumos da economia no governo Bolsonaro
O presidente eleito Jair Bolsonaro tem os nomes certos para a execução de uma agenda verdadeiramente liberalizante. Pelo perfil de cada uma dessas figuras, pode-se esperar que o país finalmente progrida no corte de tarifas do imposto de importação....


Nova bancada de Rondônia já articula demandas do Estado
O estado do tráfico “A fronteira é nossa”. Essa apropriação de dísticos nacionalistas como “O petróleo é nosso” e “A.....


“Chegou a Banda, a Banda a Banda… A Banda do Vai Quem Quer”
Prometo que nesta coluna, não escrevei nada sobre o show “Tributo ao Menestrel” que a Funcultural vai realizar amanhã sábado, em.....


68% sem margem de erro, por ora
FRASE DO DIA: “Há intenção de endurecimento, não contra a democracia, mas contra a grande corrupção, o crime organizado e o.....

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News