Rondônia, - 01:11

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Hotel de massacre em Las Vegas processa vítimas e nega responsabilidade
Publicado Terça-Feira, 17 de Julho de 2018, às 17:37 | Fonte Revista Exame 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=351089&codDep=24" data-text="Hotel de massacre em Las Vegas processa vítimas e nega responsabilidade

  
 
 

Massacre em 2017: empresa argumenta que tomou as medidas de segurança requeridas e que, portanto, não pode ser apontada como responsável (Bill Hughes/Reuters)

 

Washington – A companhia proprietária do hotel do massacre ocorrido em Las Vegas em outubro de 2017 interpôs um processo contra mais de mil vítimas do incidente para rejeitar sua responsabilidade em matéria de segurança, informou nesta terça-feira a equipe legal de parte dos afetados.

O MGM Resorts International registrou denúncias federais contra mais de mil pessoas que foram vítimas dos fatos, quando 58 foram assassinadas e centenas ficaram feridas depois que o autor do ataque, Stephen Paddock, abriu fogo durante um show, afirmou em seu site o advogado Robert Eglet.

A empresa argumenta que tomou as medidas de segurança requeridas e que, portanto, não pode ser apontada como responsável por qualquer morte, lesão ou outros danos causados pelo massacre, razão pela qual reivindicou que qualquer pedido neste sentido seja rejeitado.

Segundo a rede de hotéis, o espaço cumpria com os padrões estabelecidos pelo Departamento de Segurança Nacional para que estivesse protegido em relação à responsabilidade nesta matéria com base a uma norma de 2002.

Eglet, advogado de um grande número das vítimas, criticou a decisão da empresa de interpor o processo em um tribunal federal, ao considerar que deveria ter sido registrada em nível estadual em Nevada.

“Nunca vi algo mais degradante do que processar as vítimas em um esforço para encontrar um juiz de seu gosto”, comentou o advogado sobre a decisão da companhia, em declarações coletadas por veículos de imprensa americanos.

Em 11 de outubro, dez dias depois dos fatos, uma sobrevivente, Paige Gasper, de 21 anos, interpôs a primeira denúncia contra a companhia que gerencia o hotel Mandalay Bay, onde aconteceu o ataque.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Custo horário da mão-de-obra sobe no terceiro trimestre na zona euro e União Europeia
Portugal registou a segunda menor subida (1,5%) dos custos de mão-de-obra. As maiores subidas foram registadas na Roménia (13,9%), na Letónia (13,2%) e na Lituânia (10,7%)....


Esperança: Ji-Paraná terá 100% de esgoto até o ano de 2040
O governador Daniel Pereira atribuiu aos novos parlamentares federais rondonienses a função de fiscalizar a obra e buscar novos recursos para ampliação de outros benefícios aos jiparanaenses....


Trump pode ter cometido delitos passíveis de destituição, diz destacado congressista democrata
Jerrold Nadler, que em janeiro preside à comissão judiciária da Câmara dos Representantes, afirma que o impeachment pode ser invocado se se provar que Trump ordenou ao seu advogado que fizesse pagamentos ilegais a mulheres em troca de silêncio sobr...


“Afaste-se”, “você humilha-nos”, “Thatcher tinha uma palavra para isto”: o que Theresa May teve de ouvir
Deputados de diferentes partidos não pouparam Theresa May no Parlamento e já há planos conjuntos para uma moção de censura. Líder do governo britânico adiou votação do acordo do Brexit perante a quase certeza de uma derrota significativa...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News