Rondônia, - 19:21

 

Você está no caderno - Rondônia
RECONHECIMENTO
Quinta edição do Boas Ideias garante prêmio de R$ 54 mil para servidores públicos e a população de Rondônia
Valorizar, reconhecer e premiar as melhores ideias relacionadas à inovação da gestão pública com vistas à melhoria dos serviços prestados à população.
Publicado Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, às 05:30 | Fonte Secom - Governo de RO 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=348524&codDep=34" data-text="Quinta edição do Boas Ideias garante prêmio de R$ 54 mil para servidores públicos e a população de Rondônia

  
 
 

Lançamento oficial do prêmio aconteceu na manhã desta terça-feira

 

Valorizar, reconhecer e premiar as melhores ideias relacionadas à inovação da gestão pública com vistas à melhoria dos serviços prestados à população. Com esta proposta, o governo de Rondônia lançou na manhã desta terça-feira (15) a 5ª edição do Prêmio Boas Ideias, sob a coordenação do Núcleo Central de Inovação Pública da Superintendência do Estado para Resultados (EpR). As inscrições que começaram no último dia 1º seguem até o dia 16 de julho, enquanto a premiação acontecerá em solenidade marcada para o dia 4 de dezembro.

A exemplo do que aconteceu em 2017, esta edição é aberta aos servidores públicos estaduais e também à população, que poderão inscrever suas ideias com duas temáticas diferentes. De acordo com a coordenadora Epifânia Barbosa, a categoria servidor público poderá contribuir com a gestão estadual apresentando ideias sobre “Sustentabilidade das políticas implantadas no governo do Estado de Rondônia” com vistas a fortalecer os projetos exitosos em andamento, de forma que os investimentos aplicados em benefício da população não sofram interferências externas que interrompam sua continuidade mesmo com a alternância de governo. Já a categoria população deverá apresentar propostas sobre “Uso da tecnologia da informação e comunicação na educação” para que o setor possa se manter mais eficiente utilizando recursos tecnológicos em favor do conhecimento e interação de alunos, professores e gestores da rede estadual.

A premiação de R$ 54 mil será distribuída entre os seis selecionados das duas categorias, sendo R$ 13 mil para o primeiro lugar, R$ 8 mil para o segundo e R$ 6 mil para o terceiro. “Vale lembrar que a categoria servidor público também poderá trabalhar a temática destinada à população, mas a população não poderá trabalhar a temática dos servidores”, observou Epifânia.

A coordenadora explicou que neste ano houve mudança na formulação da ideia, que já é inscrita como pré-projeto para facilitar sua transformação em política de governo e a sua execução. Os interessados devem se inscrever pelo site: www.boasideais.ro.gov.br. 

 

 

Coronel Herton falou do projeto que lhe garantiu o primeiro lugar ano passado

 

 

 

Para Ricardo Favaro, superintendente da EpR; e o chefe da Casa Civil, Eurípedes Miranda, que representou o governador Daniel Pereira no lançamento, a premiação é uma oportunidade que o governo concede para que servidores e a população expressem seus sentimentos e o desejo de melhoria da gestão pública, contribuindo com projetos que poderão ser adaptados e transformados em política pública ou consolidar a já existente. “Inscrevam suas ideias, pois projetos engavetados não contribuem com a gestão”, disse Favaro, sendo completado por Miranda destacando a necessidade de que o Boas Ideias tenha continuidade em outras gestões para que mais pessoas possam mostrar seus talentos e Rondônia continue crescendo com responsabilidade.

Primeiro colocado na categoria população na edição passada, com o projeto “A educação vem do berço”, o coronel da Polícia Militar, Rone Herton, incentivou a todos para que reflitam sobre algo que precisa ser mudado ou aperfeiçoado, escreva esta reflexão como sugestão em forma de projeto e a inscreva no concurso. Ele lembrou que sua proposta foi elaborada a partir da observação do aumento da criminalidade que coloca o Brasil entre os três países com a maior população carcerária juntamente com os Estados Unidos e a China. Daí veio o questionamento de onde está o problema? Constatando que está na origem, na educação familiar, quando muitos pais sequer sabem o nome do melhor amigo do filho. O projeto do coronel atualmente é executado nas escolas, com palestras, teatros e blitzen educativas.

A coordenadora adiantou que em 15 dias já foram inscritas dez ideias.

 

 

Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Andrey Matheus
Secom - Governo de Rondônia

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Rondônia


Secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão é empossado pelo governador Daniel Pereira
Ao empossar Pedro Antônio Pimentel como secretário da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), o governador Daniel Pereira disse que, por fazer parte de uma equipe que conduziu bem a pasta nos últimos anos, este é o nome id...


Agroindústria de processamento de ave é inaugurada em Cerejeiras
Com o abate de 200 aves por dia, a agroindústria de processamento de ave Qualy Frango foi inaugurada no domingo (20) pelo governador Daniel Pereira, na linha 5, em Cerejeiras. ...


Mudas de café de qualidade em Rondônia estão livres de nematoide, garante Agência Idaron
Rondônia tem atualmente 96 viveiros de mudas de café de produção comercial, livres de nematoide [vermes microscópicos conhecidos por pragas invisíveis], informou a gerente de inspeção e defesa sanitária vegetal da Agência Idaron, engenheira agrônom...


Agevisa orienta comunidade sobre a prevenção da meningite nas crianças em Rondônia
Com o registro de 19 casos de meningite este ano em todo Estado, que resultaram em quatro óbitos, a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) se mobiliza com o trabalho de orientação da comunidade sobre a importância da prevenção da doença,...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM