Rondônia, - 00:07

 

Você está no caderno - Rondônia
RECONHECIMENTO
Quinta edição do Boas Ideias garante prêmio de R$ 54 mil para servidores públicos e a população de Rondônia
Valorizar, reconhecer e premiar as melhores ideias relacionadas à inovação da gestão pública com vistas à melhoria dos serviços prestados à população.
Publicado Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, às 05:30 | Fonte Secom - Governo de RO 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=348524&codDep=34" data-text="Quinta edição do Boas Ideias garante prêmio de R$ 54 mil para servidores públicos e a população de Rondônia

  
 
 

Lançamento oficial do prêmio aconteceu na manhã desta terça-feira

 

Valorizar, reconhecer e premiar as melhores ideias relacionadas à inovação da gestão pública com vistas à melhoria dos serviços prestados à população. Com esta proposta, o governo de Rondônia lançou na manhã desta terça-feira (15) a 5ª edição do Prêmio Boas Ideias, sob a coordenação do Núcleo Central de Inovação Pública da Superintendência do Estado para Resultados (EpR). As inscrições que começaram no último dia 1º seguem até o dia 16 de julho, enquanto a premiação acontecerá em solenidade marcada para o dia 4 de dezembro.

A exemplo do que aconteceu em 2017, esta edição é aberta aos servidores públicos estaduais e também à população, que poderão inscrever suas ideias com duas temáticas diferentes. De acordo com a coordenadora Epifânia Barbosa, a categoria servidor público poderá contribuir com a gestão estadual apresentando ideias sobre “Sustentabilidade das políticas implantadas no governo do Estado de Rondônia” com vistas a fortalecer os projetos exitosos em andamento, de forma que os investimentos aplicados em benefício da população não sofram interferências externas que interrompam sua continuidade mesmo com a alternância de governo. Já a categoria população deverá apresentar propostas sobre “Uso da tecnologia da informação e comunicação na educação” para que o setor possa se manter mais eficiente utilizando recursos tecnológicos em favor do conhecimento e interação de alunos, professores e gestores da rede estadual.

A premiação de R$ 54 mil será distribuída entre os seis selecionados das duas categorias, sendo R$ 13 mil para o primeiro lugar, R$ 8 mil para o segundo e R$ 6 mil para o terceiro. “Vale lembrar que a categoria servidor público também poderá trabalhar a temática destinada à população, mas a população não poderá trabalhar a temática dos servidores”, observou Epifânia.

A coordenadora explicou que neste ano houve mudança na formulação da ideia, que já é inscrita como pré-projeto para facilitar sua transformação em política de governo e a sua execução. Os interessados devem se inscrever pelo site: www.boasideais.ro.gov.br. 

 

 

Coronel Herton falou do projeto que lhe garantiu o primeiro lugar ano passado

 

 

 

Para Ricardo Favaro, superintendente da EpR; e o chefe da Casa Civil, Eurípedes Miranda, que representou o governador Daniel Pereira no lançamento, a premiação é uma oportunidade que o governo concede para que servidores e a população expressem seus sentimentos e o desejo de melhoria da gestão pública, contribuindo com projetos que poderão ser adaptados e transformados em política pública ou consolidar a já existente. “Inscrevam suas ideias, pois projetos engavetados não contribuem com a gestão”, disse Favaro, sendo completado por Miranda destacando a necessidade de que o Boas Ideias tenha continuidade em outras gestões para que mais pessoas possam mostrar seus talentos e Rondônia continue crescendo com responsabilidade.

Primeiro colocado na categoria população na edição passada, com o projeto “A educação vem do berço”, o coronel da Polícia Militar, Rone Herton, incentivou a todos para que reflitam sobre algo que precisa ser mudado ou aperfeiçoado, escreva esta reflexão como sugestão em forma de projeto e a inscreva no concurso. Ele lembrou que sua proposta foi elaborada a partir da observação do aumento da criminalidade que coloca o Brasil entre os três países com a maior população carcerária juntamente com os Estados Unidos e a China. Daí veio o questionamento de onde está o problema? Constatando que está na origem, na educação familiar, quando muitos pais sequer sabem o nome do melhor amigo do filho. O projeto do coronel atualmente é executado nas escolas, com palestras, teatros e blitzen educativas.

A coordenadora adiantou que em 15 dias já foram inscritas dez ideias.

 

 

Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Andrey Matheus
Secom - Governo de Rondônia

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Rondônia


Em Porto Velho (RO), MPF processa Incra e União para que implantem o assentamento Frutos da Terra
Ação civil pública quer por fim a conflito agrário entre pequenos agricultores e grandes posseiros que se dizem donos das fazendas Famiya e Três Corações I, II e III...


Mudas de café de qualidade em Rondônia estão livres de nematoide, garante Agência Idaron
Rondônia tem atualmente 96 viveiros de mudas de café de produção comercial, livres de nematoide [vermes microscópicos conhecidos por pragas invisíveis], informou a gerente de inspeção e defesa sanitária vegetal da Agência Idaron, engenheira agrônom...


Concluída limpeza dos bairros Jardim das Esmeraldas e Próspero, em Guajará-Mirim
Em menos de uma semana de serviço o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) concluiu a limpeza de dois bairros em Guajará-Mirim, o Jardim das Esmeradas e Próspero, e já está na etapa final do bairro Liberdade....


São Francisco do Guaporé é o 45º município a ganhar Posto de Identificação e moradores comemoram
Distante 600 quilômetros de Porto Velho, o município de São Francisco do Guaporé tem cerca de 20 mil habitantes e economia sustentada pela agropecuária....

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM