Rondônia, - 11:57

 

Você está no caderno - @realdonaldtrump Fim do Mundo
Internacional
Procurador especial cogita intimar Trump para depor, diz ex-advogado
Publicado Quarta-Feira, 2 de Maio de 2018, às 08:40 | Fonte Revista Exame 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=347827&codDep=68" data-text="Procurador especial cogita intimar Trump para depor, diz ex-advogado

  
 
 

Donald Trump: procurador especial Robert Mueller cogitou a possibilidade de emitir uma intimação para Trump depor se ele se recusar a conversar com investigadores (Carlos Barria/Reuters)

 

Nova York – Em uma reunião com advogados do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em março, o procurador especial Robert Mueller cogitou a possibilidade de emitir uma intimação para Trump depor se ele se recusar a conversar com investigadores a cargo do inquérito sobre suspeita de envolvimento da Rússia na eleição de 2016 nos EUA, disse um ex-advogado do presidente na terça-feira.

John Dowd disse à Reuters que Mueller mencionou a possibilidade de uma intimação na reunião ocorrida no início de março. O alerta foi noticiado primeiro pelo jornal Washington Post, que citou quatro pessoas a par do encontro.

“Isso não é um jogo. Vocês estão atrapalhando o trabalho do presidente dos Estados Unidos”, Dowd disse ter afirmado aos investigadores, que analisam um possível conluio entre a campanha de Trump e a Rússia. Dowd deixou a equipe legal do presidente cerca de duas semanas após a reunião.

Segundo o Post, Mueller cogitou a intimação depois que os advogados de Trump disseram que seu cliente não tem obrigação de conversar com investigadores federais envolvidos com o inquérito.

Após a reunião de março, a equipe de Mueller concordou em fornecer aos advogados do presidente informações mais específicas sobre os temas a respeito dos quais quer indagar Trump, relatou o Post.

De posse destas informações, o advogado de Trump Jay Sekulow compilou uma lista de 49 perguntas que a equipe legal do presidente acredita que lhe serão feitas, de acordo com o Post.

Esta lista, revelada pelo jornal New York Times na segunda-feira, inclui perguntas sobre os laços de Trump com a Rússia e outras para determinar se o presidente pode ter tentado obstruir ilegalmente a investigação.

Trump, que nega ter cometido qualquer irregularidade, criticou o vazamento das perguntas.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em @realdonaldtrump Fim do Mundo


Após críticas, Trump reconhece que houve interferência russa em eleições
...


Trump diz que conversa do Nafta foi boa, mas considera acordos bilaterais
...


Donald Trump é o maior anunciante político no Facebook
...


Trump chancela denúncias de Netanyahu sobre Irã e insinua fim de acordo
...

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM