Rondônia, - 03:03

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
A invasão do triplex informa: Boulos é caso de hospício
Publicado Terça-Feira, 17 de Abril de 2018, às 05:27 | Fonte Veja.com 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=346914&codDep=19" data-text="A invasão do triplex informa: Boulos é caso de hospício
ADS NEWS 3

  
 
 

O coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, Guilherme Boulos, participa de cerimônia de contratação simultânea de 25 mil unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, em Brasília (DF) - 06/05/2016 (Alan Marques/Folhapress)

 

Às oito e meia da manhã desta segunda-feira, integrantes do bando autodenominado Movimento dos Trabalhadores Sem Teto ocuparam o triplex no Guarujá que Lula ganhou de uma empreiteira amiga, mas jura que não é dele.

Chefão do MTST, Guilherme Boulos assim resumiu o objetivo dos invasores: “Se é do Lula, o povo poderá ficar. Se não é, por que então ele está preso?”

Três horas mais tarde, enquanto os brasileiros que pensam ainda tentavam entender o que Boulos quis dizer, os ocupantes do triplex decidiram que haviam provado que Lula não é o dono do imóvel e caíram fora do prédio.

O mistério da invasão continua, mas duas lições foram extraídas por espectadores da geleia geral brasileira. Primeira: o que Boulos faz é tão compreensível quanto um discurso de Dilma.

Segunda: quem tem defensores tão completamente imbecis nem precisa de acusadores para morrer na cadeia.

 

 

 

 






ADS NEWS 4

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em POLÍTICA


PF investiga esquema de caminhoneiros que simulavam roubos de carga
...


PF desarticula grupo que clonou celulares de ministros de Temer
...


‘Passarinho na muda não pia’, despista Josué Gomes sobre candidatura
...


Diretórios Regionais dos partidos políticos devem cumprir cota de candidaturas de mulheres
Para evitar fraudes no registro de candidatura de mulheres, a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) em Rondônia expediu uma recomendação aos diretórios regionais alertando para o cumprimento efetivo da cota de 30% de candidatas. ...

 

::: Publicidade :::

ADS NEWS 1

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM