Rondônia, - 11:58

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Estamos em um momento fundamental para a economia brasileira, diz Meirelles
Publicado Terça-Feira, 10 de Abril de 2018, às 05:23 | Fonte Isto é 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=346456&codDep=19" data-text="Estamos em um momento fundamental para a economia brasileira, diz Meirelles

  
 
 

Divulgação - Internet

 

O ex-ministro da Fazenda e potencial candidato pelo MDB ao Palácio do Planalto, Henrique Meirelles, enfatizou seu histórico como servidor público durante o primeiro evento público com presidenciáveis. “Estamos em um momento fundamental para a economia brasileira. Ao longo da minha carreira, sempre tive muito foco no resultado”, afirmou Meirelles. A fala foi feita no Fórum da Liberdade.

O trabalho à frente do Ministério da Fazenda durante a gestão do governo de Michel Temer foi ressaltado. “Saio do governo com consciência tranquila. Fizemos uma série de reformas, o País voltou a crescer, nos últimos meses a geração de emprego está ocorrendo de forma cada vez mais acelerada. É o início de um processo”, declarou. Meirelles ainda lembrou que a inflação teve forte queda, chegando “ao nível mais baixo desde 1998”. “Agora estou na fase seguinte ao desafio de tirar o Brasil da maior recessão de sua história”, disse.

Sobre a reforma da Previdência, Meirelles declarou que “a maioria é contra a reforma, mas não sabe que o sistema pode quebrar”. Ele acredita que um governo eleito terá melhores condições de avançar com a pauta. “Precisamos de gestão com legitimidade”, afirmou. O ex-ministro ainda propôs que os eleitores comparem os candidatos e não se deixem levar por discursos inflamados. “O grande problema é a fala que ilude, continuamos a sofrer com isso.”

Outro aspecto explorado pelo ex-ministro para destacar sua candidatura foi a polarização de propostas de outras chapas. “A nação espera que se traga luz, racionalidade e direção nesses debates. Agora temos, de um lado, uma proposta voltada ao intervencionismo num extremo, com o Estado como condutor da economia e da vida das pessoas. Do outro lado, temos propostas que aparentam ser o contrário, com menos presença do Estado, mas que também têm um histórico de intervencionismo”, pontuou Meirelles.

Para explicar seu projeto de governo, o presidenciável destacou três eixos a serem implementados. “Nosso projeto prevê uma estrutura macroeconômica que dê bases para um crescimento sustentado de emprego e renda; depois, a provisão de serviços públicos que atendam a necessidade do cidadão – saúde, educação e segurança”, disse, arrancando aplausos da plateia.

Por último, o ex-ministro explicou que o Estado precisa atuar como um catalisador da iniciativa privada. “O Brasil precisa criar condições para produzir mais e melhor. Propomos a criação de vetores que acelerem o crescimento, como, por exemplo, desburocratização”, disse, citando a dificuldade que empreendedores têm em criar uma empresa no Brasil. “Em média, são 101 dias”, apontou.

Meirelles participa de um debate em Porto Alegre com outros cinco pré-candidatos: Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), Flávio Rocha (PRB) e João Amoedo (Novo). Jair Bolsonaro, pré-candidato pelo PSL, também foi convidado, mas recusou. O debate ocorre em um evento chamado Fórum da Liberdade e é promovido pelo Instituto de Estudos Empresariais, organização de cunho liberal.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em POLÍTICA


‘Passarinho na muda não pia’, despista Josué Gomes sobre candidatura
...


STF adia recurso de Lula, mas dá liminar para impedir sua prisão
...


PF investiga esquema de caminhoneiros que simulavam roubos de carga
...


PF desarticula grupo que clonou celulares de ministros de Temer
...

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM