Rondônia, - 10:07

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Sob bombardeios, moradores de região síria ‘esperam para morrer’
Publicado Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, às 11:39 | Fonte Veja.com 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=343147&codDep=24" data-text="Sob bombardeios, moradores de região síria ‘esperam para morrer’

  
 
 

Criança síria ferida em bombardeios atribuídos às forças do governo chora enquanto recebe tratamento em um hospital na cidade rebelde de Hamouria, na região sitiada de Ghouta Oriental, nos arredores da capital, Damasco - 19/02/2018 (Abdulmonam Eassa/AFP)

 

A aviação do governo da Síria voltou a bombardear nesta quarta-feira Guta Oriental, uma área próxima de Damasco e controlada pelos rebeldes, em uma operação que matou cinco civis e deixou mais de 200 feridos, informou a ONG Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Os bombardeios atingiram várias localidades da região, onde quase 400.000 pessoas vivem cercadas pelas forças governamentais desde 2013, indicou o OSDH. Desde domingo, os bombardeios da aviação síria mataram 250 civis, entre eles quase 60 crianças, e deixaram centenas de feridos.

À agência de notícias Reuters, os moradores disseram estar “esperando sua vez de morrer” após mais um dia de ataques das forças pró-governo.

O ritmo dos bombardeios pareceu diminuir durante a noite, mas sua intensidade foi retomada na manhã desta quarta-feira, segundo o OSDH. Os ataques também provocaram muitos danos, em particular em hospitais, que ficaram sem condições de funcionar.

Nas localidades de Arbin e Ain Turma, as forças governamentais lançaram barris de explosivos. Durante a noite, a artilharia governamental disparou mais de 100 obuses, projéteis ocos de carga explosiva que são lançado em trajetórias curvas por tanques.

Imagens divulgadas por grupos de resgate independentes e organizações que lutam pela paz na região mostram cenas fortes de desespero entre os moradores, que fogem das bombas e tentam salvar familiares presos nos destroços deixados após os bombardeios.

A nova campanha aérea contra Guta Oriental começou no domingo, após a chegada de reforços para uma ofensiva terrestre que ainda não teve início. O governo quer reconquistar esta região, a partir da qual os rebeldes lançam ataques contra Damasco.

A ofensiva das forças de Bashar Assad, contudo, tem feito cada vez mais vítimas civis, apesar das constantes declarações do governo de Damasco garantindo que tem como alvo apenas militantes e grupos rebeldes. Grupos de monitoramento e ONGs de direitos humanos denunciam irregularidades nos ataques do Exército sírio desde o início da guerra.

Guta Oriental é o último reduto controlado pelos rebeldes perto da capital síria. Segundo o jornal Al Watan, ligado ao governo, os bombardeios “são o prelúdio de uma operação terrestre de grande envergadura que pode começar a qualquer momento”.

(Com AFP e Reuters)

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Há limites para tudo. Triatleta comeu oito quilos de sushi e foi proibido de regressar ao restaurante
Depois de jantar, quando pagava a conta e deixava uma gorjeta aos empregados, Jaroslav Bobrowski foi informado que não poderia regressar ao buffet. A justificação? É mau para o negócio...


Índia. Perda de pressão em avião da Jet Airways obriga a assistir 30 pessoas em Mumbai
O avião levava 166 passageiros e cinco tripulantes e seguia para Jaipur, um destino turístico e capital do estado de Rajasthan...


Depois dos morangos, a contaminação com agulhas de costura chegou às maçãs e às bananas
Por toda a Austrália está a ser investigada a origem da contaminação. Até ao momento, duas pessoas engoliram agulhas...


Esta pode ser a casa mais cara que alguma vez esteve à venda
446 milhões de dólares (pouco mais de 380 milhões de euros) é quanto custa uma mansão numa zona privilegiada de Hong Kong...

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM