Rondônia, - 18:07
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
EUA recomendam cautela para quem visitar quatro cidades-satélites do DF e favelas do Rio e São Paulo
Publicado Sexta-Feira, 12 de Janeiro de 2018, às 10:27 | Fonte O Globo 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=341191&codDep=24" data-text="EUA recomendam cautela para quem visitar quatro cidades-satélites do DF e favelas do Rio e São Paulo

  
 
 

Favela de Sol Nascente, em Ceilândia, no Distrito Federal - Sérgio Marques/Agência O Globo/23-12-2011

 

BRASÍLIA — O governo dos Estados Unidos divulgou um documento, na quarta-feira, recomendando cautela para quem deseja visitar quatro cidades-satélites do Distrito Federal, por questões de segurança. Funcionários do governo norte-americano não podem viajar, sem autorização prévia, para Ceilândia, Santa Maria, São Sebastião e Paranoá, no horário entre 18h e 6h.

A recomendação faz parte de um documento em que o Departamento de Estado classifica o risco de todos os países do mundo. O Brasil foi colocado em um nível dois, de um máximo de quatro, o que significa que os turistas devem ter um cuidado reforçado. Entre os nossos vizinhos, países como Argentina, Chile e Uruguai ficaram no nível um (quando as pessoas devem ter um cuidado normal), enquanto a Venezuela foi classificada no nível três (quando a viagem deve ser reconsiderada).

O texto diz que, no Brasil, “crimes violentos, como homicídio, assalto à mão armada e roubo de carros, são comuns em áreas urbanas, de dia e de noite”, e que “a atividade de gangues e o crime organizado estão espalhados”.

O Departamento de Estado também pede cuidado para quem for à Praia do Pina, em Recife; a favelas do Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Porto Alegre e Belo Horizonte; e para qualquer área que fica a uma distância de até 150km da fronteira com Venezuela, Colômbia, Paraguai, Bolívia, Peru, Suriname, Guiana e Guiana Francesa. Em relação à fronteira com o Paraguai, é feita uma exceção para o Parque Nacional do Iguaçu e o Parque Nacional Pantanal.

Em nota, o governo de Brasília afirmou que “a realidade da segurança das quatro cidades citadas não pode ser comparada com outras localidades violentas no Brasil e no exterior”. O texto diz que “como em qualquer cidade no mundo ocorrem crimes”, mas ressalta que isso ocorre “dentro da normalidade”.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em INTERNACIONAL


Banhistas são resgatados com ajuda de drone na Austrália
...


Moscou só teve 6 minutos de luz solar em todo o mês de dezembro
...


Três últimos anos foram os mais quentes já registrados, diz ONU
...


Dois adolescentes são presos nos EUA por causar morte de 500 mil abelhas
...

 

::: Publicidade :::

a



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE